PUBLICIDADE
Topo

Novelas

'Império' de volta! Marina Ruy Barbosa defende romance de Ísis e comendador

Maria Ísis (Marina Ruy Barbosa) e José Alfredo (Alexandre Nero) em "Império" - João Miguel Júnior/Globo
Maria Ísis (Marina Ruy Barbosa) e José Alfredo (Alexandre Nero) em 'Império' Imagem: João Miguel Júnior/Globo

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

07/04/2021 04h00

Marina Ruy Barbosa está ansiosa para se rever como Maria Ísis, a jovem amante de José Alfredo (Alexandre Nero) em "Império". A novela, exibida pela primeira vez em 2014, será reprisada a partir de segunda-feira (12), no horário nobre da Globo, em substituição a "Amor de Mãe".

A atriz acredita que o casal formado por sua personagem e pelo comendador ganhará um novo olhar do público.

"A sociedade mudou de sete anos para cá, e isso vai acabar gerando novas discussões —inclusive pela forma que ele a chamava, 'sweet child'", disse a atriz na entrevista coletiva virtual da novela, que aconteceu ontem com parte do elenco.

Apesar de acreditar que o relacionamento receberá um olhar mais crítico dos telespectadores, ela defende o casal e diz que existia um amor verdadeiro entre os dois.

Por mais que no começo a gente tenha uma visão mais superficial do romance, de que talvez exista até uma objetificação dela como mulher, há amor e admiração entre os dois. Ao longo da trama, isso vai ficando mais claro: quanto o José Alfredo tinha amor e preocupação reais por aquela menina.

Marina Ruy Barbosa como Maria Ísis em 'Império' - Alex Carvalho/Globo - Alex Carvalho/Globo
Marina Ruy Barbosa como Maria Ísis em 'Império'
Imagem: Alex Carvalho/Globo

Marina insiste que a relação de amor de Maria Ísis e Zé Alfredo foi construída ao longo da trama.

"Estou doida para assistir e ver como vou enxergar, mas acho que a relação dos dois era de muito amor, isso foi ficando claro durante a novela. Tanto que existia uma torcida favorável ao casal. Quero ver de novo para saber como será a percepção agora."

Primeiro papel maduro

"Império" representa uma mudança na carreira de Marina, que até então era mais conhecida como uma atriz mirim. Ela começou na carreira bem nova, aos 8 anos, no filme "Xuxa e o Tesouro da Cidade Perdida" (2004). Na TV, fez participação na novela "Sabor da Paixão" (Globo, 2003) e interpretou Aninha em "Começar de Novo" (Globo, 2004).

Tinha acabado de fazer 19 anos e ganhei a oportunidade de fazer uma personagem mais madura, com gente muito talentosa. Estava ansiosa, mas muito a fim de fazer dar certo, de comprar realmente esse barulho. A gente entra numa luta de defender, de torcer pelo personagem. Para mim representou um momento de muita transformação, até de acreditar em mim como atriz.

Novelas