PUBLICIDADE
Topo

TV e Famosos

Leo Picon se desculpa por fala transfóbica: 'Gastei minha tarde entendendo'

Leo Picon grava vídeo para pedir desculpas - Reprodução / Instagram
Leo Picon grava vídeo para pedir desculpas Imagem: Reprodução / Instagram

Colaboração para UOL, em São Paulo

11/04/2021 13h02

Leo Picon pediu desculpas após chamar uma mulher trans de homem. Na ocasião, ele comentou que 'foi enganado' ao beijar uma mulher transexual em uma balada de Madrid, na Espanha. Segundo o youtuber, ele não tinha conhecimento sobre o que falava.

"Abri uma caixinha de perguntas e uma dessas perguntas eu respondi de maneira transfóbica. Não tinha conhecimento no momento em que respondi. Apaguei, mas teve uma enorme repercussão. Tirei o dia para refletir e aprender com esse erro", começou dizendo.

Ao "pedir desculpas verdadeiras", o youtuber afirmou que sua resposta foi transfóbica. "Acredito na nossa constante evolução. Quis deixar de lado comentários negativos, mas gastei minha tarde inteira entendendo sobre esse assunto. Sei que irritei muito gente com minha fala. Quando erramos temos que lidar com as consequências dos erros. Busquei fazer desse erro uma fonte de aprendizado. Não se inspirem na minha atitude da noite passada, mas garanto que tem muitas atitudes minhas nas quais vocês podem se inspirar", finalizou.

O ocorrido

Segundo Leo, o fato ocorreu em 2015. Ele utilizou a caixa de perguntas do Instagram para interagir com seus mais de 4 milhões de seguidores. Um deles perguntou se o influencer já tinha beijado um homem. Ele então relembrou o caso, disse que estava com o pai do jogador Neymar Jr. e outros amigos do jogador em uma casa noturna da capital espanhola, quando aconteceu o beijo.

Sim. Em 2015. Beijei um homem em Madrid. Estava com o Gil Cebola, Jota Amancio, Alvaro Costa e o pai do Neymar. Aí eu beijei o transsexual mais famoso da Espanha numa balada sem saber que era uma trans. Aí me contaram e eu fiquei triste por ser enganado. Mas foi legal. Valeu a pena. Recomendo.

TV e Famosos