PUBLICIDADE
Topo

Juliette desabafa com Camilla sobre Pocah: 'Não vim pra levar grito'

Reprodução/Globoplay
Imagem: Reprodução/Globoplay

Colaboração para o UOL, no Rio de Janeiro

19/04/2021 01h55

A noite de decisão no "BBB 21" (TV Globo) consagrou Gil, Fiuk e Caio como os 13º emparedados do programa. No fim da formação do paredão, Pocah contou para Juliette que votou nela e a sister ficou chateada, gerando uma briga na cozinha. Em conversa na área externa, Camilla de Lucas chamou Juliette para conversar sobre o assunto e a advogada explicou o que a irritou nessa situação.

Juliette disse que não ficou chateada pelo voto como um fato isolado, mas pelas declarações de Pocah na última festa, assim como pelos gritos da funkeira no meio da sala quando a advogada mostrou estar triste pela situação. A sister contextualizou a situação:

Eu não estou com raiva do voto, estou magoada com o que aconteceu esses dias. Eu votei nela sim, única e exclusivamente para proteger o Gil, assim como você votou para defender o João. Assim que eu votei nela, automaticamente fui até o Gil, falei umas verdades, e voltei para pedir desculpas para ela. Depois disso, retomamos a nossa relação. Sempre que eu via ela triste, eu ia lá e dava força, igual aconteceu na festa.

Quando a gente conversou, ela disse que se sentia ameaçada e estava muito triste. Ontem eu tive uma conversa com ela e ela disse assim: 'Eu tenho certeza, você não vai", e eu disse que me preparei para o que pudesse acontecer. Eu falei que provavelmente ela, Caio e Arthur teriam que votar em mim, e ela disse que se Caio votasse em mim seria queimar voto, e afirmou que ela e Arthur não votariam em mim. A conversa me tocou e eu pensei: 'vou cogitar votar na menina e ela nem vai votar em mim?'

Juliette ainda relatou que não ficou chateada quando Pocah votou nela anteriormente, porque ela decidiu defender Gil, que estava na berlinda naquela semana, antes de encerrar as relações de lealdade entre os dois. No entanto, a sister disse que o voto foi devolvido posteriormente, encerrando o caso, e afirmou que só voltaria a votar em Pocah em casos de extrema necessidade.

Eu cogitei mas meu sentimento falou mais alto. Ela é a terceira opção, não é a primeira e nem a segunda. Tive uma conversa com ela ontem, abracei ela chorando e não me sentiria confortável em votar nela. Eu criei meus próprios sentimentos com essa conversa e isso me fez não decidir [votar] nela. Se for votar, não prometa, não finja que eu sou prioridade. Ela me deixou confortável em não me preocupar com paredão.

Camilla de Lucas disse que, a partir de hoje, elas devem estar preparadas para todo o tipo de situação desconfortável dentro da casa e Juliette concordou, afirmando que, ainda sim, tem "um carinho verdadeiro e genuíno" por Pocah, mas que não gosta de discussões em alto tom de voz.

Não gosto que venha me gritar e falar alto no meio da casa. Podia ter me chamado depois que eu estivesse mais calma. Eu sou obrigada a tomar quatro ou cinco vezes na cara e não sentir raiva de mim?" Se ela me respeitasse, teria vindo me dar um abraço e conversar comigo ao invés de ficar gritando pela casa. Não vim pra levar grito de ninguém. Todo mundo merece respeito aqui. Só é difícil quando é a própria dor?

Quem deve ser eliminado do 'BBB 21'?

Enquete encerrada

Total de 406267 votos
63,95%
Globo/João Cotta
30,11%
Globo/João Cotta
5,94%
Globo/João Cotta
Total de 406267 votos
A votação do UOL não possui caráter cientifico ou influência sobre o resultado do programa da TV Globo

Valide seu voto