PUBLICIDADE
Topo

Três episódios-chave que levaram Camilla, Fiuk e Juliette à final do 'BBB'

BBB 21: Final do BBB  - Reprodução/Globoplay
BBB 21: Final do BBB Imagem: Reprodução/Globoplay

Colaboração para o UOL, em São Paulo

03/05/2021 15h25Atualizada em 03/05/2021 15h25

Camilla de Lucas, Fiuk e Juliette conquistaram seu lugar na final do "BBB 21" cada um com seu tipo de jogo. Mas existiram episódios específicos que contribuíram para que eles ficassem na casa durante os 100 dias do confinamento.

Venha conferir quais foram eles.

Camilla de Lucas

  1. Camilla foi uma participante que começou a se destacar mais a partir do meio do reality. No começo, a influencer ficou apagada, também por não ser alvo de Karol Conká. Os episódios onde Camy se posicionou aconteceram depois das primeiras semanas do programa, e ela se manifestou apenas quando foi necessário. Por exemplo, quando a fala racista de Rodolffo atingiu um de seus maiores aliados, João Luiz.
  2. A influencer entendeu bem o jogo de uma forma rápida e fez amizades importantes para sua trajetória logo no início do jogo. Nas primeiras semanas, ela já se aliou a João e o público aprovou essa amizade. Esta aliança perdurou até a eliminação do professor, e foi muito importante na jornada da influencer no reality.
  3. Camilla saiu de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e foi mostrar que também pode ser "braba". A treta que protagonizou com Conká, já odiada pelo público naquela época, foi o que alavancou a imagem da youtuber perante o público. Os espectadores gostaram de vê-la se impondo e expressando sua opinião, algo que não era tão frequente no jogo até aquele momento, e apreciaram os beijinhos cheios de deboche da carioca.

Fiuk

  1. O cantor participou de vários paredões durante o reality. Porém, o público sentia que havia outro jogador que merecia sair antes dele. Com este tipo de pensamento, o ator foi permanecendo no programa, e alcançou o posto de finalista.
  2. Fiuk se mostrou um jogador esperto e, por vezes, se aliou aos jogadores mais populares da temporada. Se no início do confinamento ele era grudado em Karol Conká e Lumena - ele as colocou em seu pódio -, com as mudanças internas e externas, se aliou a Gil e Juliette de forma separada. A torcida dos dois o fortaleceu passando pelos paredões.
  3. Ao analisar a torcida das redes sociais, o cantor seria o eliminado no último paredão se algum dos outros três concorrentes vencesse a última prova do programa. Então, ao vencê-la e garantir seu lugar na final na prova de resistência, ele destruiu o paredão dos sonhos de algumas pessoas - mas virou finalista sem a necessidade de disputar votos com outros jogadores mais populares.

Juliette

  1. A paraibana se tornou o primeiro e principal alvo de Karol Conká e Lumena, que a excluíram e a criticaram. Assim, a advogada criou sua narrativa de excluída e vítima dos outros participantes, e conquistou a empatia do Brasil. Esse foi o primeiro passo para que ela conquistasse uma base imensa de fãs, que a levaram sem muitas surpresas para a final do programa.
  2. A advogada formou o grupo mais amado do programa: o G3, com Sarah e Gilberto. Por mais que o grupo tenha desintegrado depois, este foi um grande momento para os espectadores do reality, que formaram torcidas unidas e conjuntas, e os tornou protagonistas da edição.
  3. Juliette foi uma jogadora transparente. Seu estilo de diálogo, não fugindo de brigas e não desrespeitando alianças do jogo, fez com que o público se afeiçoasse ao jogo dela. Sendo fiel às amizades e se adaptando ao jogo, a paraibana conquistou os jogadores e os espectadores.

Agora, a nossa cobertura do BBB 21 também está no Telegram! Para se inscrever, acesse este link ou procure por Splash UOL - BBB21 no aplicativo. Ao encontrar o canal, é só clicar em "entrar" ou "join" e pronto, você vai receber diariamente as principais notícias da reta final do reality.

Quem você quer que vença o 'BBB 21'?

Enquete encerrada

Total de 375696 votos
74,13%
Globo/João Cotta
18,58%
Globo/João Cotta
7,30%
Globo/João Cotta
Total de 375696 votos
A votação do UOL não possui caráter cientifico ou influência sobre o resultado do programa da TV Globo

Valide seu voto