PUBLICIDADE
Topo

Após ataque homofóbico de conselheiro de time, Gil diz: 'Machuca muito'

Gil gravou um vídeo em apoio ao seu time preferido, e conselheiro gravou áudio com ofensas homofóbicas - Reprodução
Gil gravou um vídeo em apoio ao seu time preferido, e conselheiro gravou áudio com ofensas homofóbicas Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

14/05/2021 15h49Atualizada em 14/05/2021 17h53

Gilberto Nogueira comentou hoje no Twitter o áudio com ofensas homofóbicas de Flávio Koury, conselheiro do Sport Club do Recife sobre o vídeo que o economista fez apoiando o time.

Gil disse que foi o primeiro ataque homofóbico desde que saiu do BBB 21. Ele disse que vai tomar providências, e que mesmo depois da fama ainda se sente mal: "Posso garantir, ainda machuca MUITO! Mas sigo firme e providências serão tomadas."

Tirando o dia off para não perder minha alegria por tudo que venho vivendo... É muita dor!

No áudio, Flávio Koury chama o apoio do ex-BBB de "desmoralização" e afirma: "1,2 milhões [sic] de pessoas achando que o Sport só tem vi*do, só tem b*cha".

Gil não falou se o ataque homofóbico a que se referia era esse, mas os fãs dele e os torcedores do time se revoltaram e colocaram a hashtag #ForaKoury em primeiro lugar nos assuntos mais comentados do momento no Twitter. Também entraram na lista "GIL MERECE RESPEITO" e "Força Gil".

No BBB, Gilberto protagonizou com Lucas Penteado o primeiro beijo entre dois homens da história do reality. Ainda dentro do programa, ele falou sobre a dificuldade de aceitar a própria sexualidade e a homofobia que sofreu ao longo da vida.