PUBLICIDADE
Topo

Miss Universo: Mexicana Andrea Meza é engenheira, feminista e vegana

Mari Monts

Do UOL, em São Paulo

17/05/2021 09h11

A mexicana Andrea Meza levou a coroa da 69ª edição do Miss Universo na noite de ontem. Ela desbancou a brasileira Julia Gama, que ficou em segundo lugar.

A miss tem 26 anos, possui 1,82 m e nasceu na cidade de Chihuahua, no México. Ela foi vice no Miss Mundo, em 2017.

Feminista

Andrea é formada em engenharia de software e isso é motivo de orgulho para ela. Em sua descrição no site oficial do Miss Universo, ela explica o porquê: "Por ser uma mulher que se formou em uma área de estudo dominada por homens".

A luta pelos direitos das mulheres é sua principal bandeira. Ativista, trabalha em colaboração com institutos mexicanos para erradicar a violência de gênero.

Em seu perfil no Instagram existe um destaque chamado "Ni Una Más" (Nem uma a mais), que mostra seu ativismo tanto em protestos quanto em palestras contra a violência de gênero e contra o feminicídio.

Ela também faz conteúdos para alertar suas seguidoras e fãs sobre os tipos de violência que existem contra a mulher.

Ativa em causas sociais, Andrea, junto com associações, ajudou a arrecadar fundos na Índia, Indonésia e China para os mais pobres dessas regiões.

Vegana e crossfiteira

A miss também é adepta ao veganismo, ou seja, ela não come nada de origem animal, nem mesmo ovo ou queijo. Em suas redes sociais, ela ensina a fazer algumas receitas, como verduras assadas com quinoa e tofu.

Andrea pratica crossfit, gosta de desenhar, é maquiadora e manda bem ao cantar. Ela posta vídeos cantando músicas mexicanas, como do grupo Matisse.

Ela é crossfiteira ela! - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Ela é crossfiteira ela!
Imagem: Reprodução/Instagram

A favor do lockdown

Em uma entrevista com a jurada Brook Lee, vencedora do Miss Universo 1997, a miss México foi questionada sobre o que teria feito para lidar com a pandemia do coronavírus se estivesse no comando do governo de seu país.

Eu acredito que não existe uma forma perfeita de lidar com uma situação tão difícil quanto a covid-19, mas eu acredito que eu teria iniciado o lockdown antes mesmo da situação se espalhar tanto. Nós perdemos tantas vidas e devemos cuidar das pessoas. Eu teria cuidado delas desde o início.