PUBLICIDADE
Topo

Ariadna rebate Íris por crítica a prostituição: 'Vive num mundo de fadas'

No Limite: Ariadna e Íris discutem sobre prostituição - Reprodução/Rede Globo
No Limite: Ariadna e Íris discutem sobre prostituição Imagem: Reprodução/Rede Globo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/05/2021 23h27

Um debate sobre prostituição na tribo carcará esquentou os ânimos entre as participantes Ariadna Arantes e Íris Stefanelli, no segundo episódio do reality show "No Limite", na noite de hoje.

Inicialmente, em papo sozinha com a produção, Íris Stefanelli contou que afirmou aos 'No Limiters' que tirar o sustento com uma carreira na prostituição é um perigo. "Ontem a Ariadna foi contou um pouco da vida dela. Uma vida muito difícil e foi de doer o coração. Aí, hoje, na discussão sobre prostituição entre homens e mulheres, eu falei 'gente, tem que tentar caminho pra vida menos arriscado", disse.

Já na conversa no acampamento do grupo Carcará, Íris afirmou ser preciso focar nos estudos e até prestar concurso para fugir do mundo da prostituição. Ariadna Arantes, no entanto, se incomodou por ver a colega julgando as escolhas de vida das pessoas:

Amiga, não julga. Isso é julgamento... Eu fui entregar currículo, corri atrás, mas ninguém aceitava, não tinha nada e você acha que eu fui pra onde para não ser posta fora de casa? Lá para a esquina de onde eu morava. Eu tive opção? Não tive opção.

A ex-repórter do TV Fama, da RedeTV!, porém, rebateu que a colega tinha escolha de vida melhor. Ariadna, por sua vez, voltou a discordar e contou não ter tido vida fácil por ser uma mulher trans.

"Não, amiga, não tive. Quando eles me olhavam com nome de homem e com cara de mulher, não teve (chance)", explicou. "Isso tá dentro da tua cabeça", apontou Íris. "Você não pode falar uma coisa que você não tá dentro da realidade", rebateu Ariadna.

Íris Stefanelli insistiu que seu pensamento estava correto e citou que ela mesmo trabalhou passando roupa e servindo em bares em tempos mais difíceis. Ariadna encerrou o papo destacando que a colega de convívio não podia falar o que não sabia detalhes.

Amiga, você é mulher cis, branca e dos olhos verdes.

Já em papo sozinho com a produção, Ariadna declarou que Íris vive no mundo de 'fadas' por não saber a dura realidade das pessoas.

Acho a Iris uma pessoa incrível, mas acho que ela vive um pouco fora da realidade. O fato dela ter tido mais privilégio que eu faz com que ela vive num mundo de fadas. Infelizmente, essa não é minha realidade.

Só o fato de ser uma mulher trans me tira todos os meus privilégios. Então, acho muito chato ter que debater isso. Até preferi sair de perto para não ter problema. Ela tem muito o que aprender.

No Limite 2021