PUBLICIDADE
Topo

JN mostra protestos contra governo, e Bonner rebate fake news de Bolsonaro

Bolsonaro disse que manifestações no sábado foram pequenas, e Bonner negou - Reprodução/TV Globo
Bolsonaro disse que manifestações no sábado foram pequenas, e Bonner negou Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

31/05/2021 21h28Atualizada em 31/05/2021 22h08

Na edição de hoje do "Jornal Nacional", o apresentador William Bonner rebateu uma fala do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que minimizou as manifestações contra o governo do último sábado (29).

Após mostrar um áudio de Bolsonaro dizendo que os protestos foram esvaziados, Bonner afirmou: "Na verdade, as manifestações não foram pequenas. Reuniram milhares de pessoas em todos os 26 estados e no Distrito Federal".

Em seguida, o jornal mostrou imagens dos protestos em Brasília, no Rio de Janeiro e em São Paulo, e Bonner completou: "Na imensa maioria usando máscaras, as pessoas pediram o impeachment do presidente Bolsonaro e mais vacina".

No dia dos protestos, a cobertura do Jornal Nacional foi criticada por não dar destaque ao tema. Hoje, Bonner abordou o assunto dizendo que Bolsonaro se pronunciou pela primeira vez e "procurou minimizar as manifestações, debochando delas".

Mais cedo, Bolsonaro trouxe uma fake news aos apoiadores, indicando que os protestos tiveram "pouca gente" e relacionado o número de manifestantes ao consumo de drogas:

"Sabe por que teve pouca gente nessa manifestação da esquerda neste fim de semana? Porque a PF [Polícia Federal] e a PRF [Polícia Rodoviária Federal] estão apreendendo muita maconha pelo Brasil. Faltou erva para o movimento."

Segundo os organizadores, os atos ocorreram em 213 cidades no Brasil e 14 cidades no exterior, com a presença de mais de 420 mil pessoas.