PUBLICIDADE
Topo

Carla Diaz diz que mantém amizades do 'BBB' fora da casa: 'Coerência'

Carla Diaz atinge 9 milhões de seguidores no Instagram - Reprodução/Instagram
Carla Diaz atinge 9 milhões de seguidores no Instagram Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/06/2021 07h30Atualizada em 18/06/2021 11h17

Ex-participante do "BBB 21" (TV Globo), Carla Diaz relembrou suas amizades e situações durante o confinamento. A atriz, de 30 anos, garantiu que no programa, suas amizades eram leais e ela sempre tentou ser o mais coerente possível com todos:

"O gostoso do programa é que nós, principalmente as meninas, criamos um vínculo de amizade. A gente trocava roupa. Eu e a Thaís somos do mesmo tamanho e ela era uma pessoa que eu considerava estar comigo desde o início. Também usei muita roupa da Juliette. Aquele moletom tie-dye com manga bufante que a Juliette usou era meu. Todas as meninas queriam aquele moletom, mas eu tinha prometido para Juliette. Na época, a gente nem estava tão próxima. Eu sou essa pessoa. Não gosto de fazer diferença, gosto de ter coerência com meu discurso e com a minha verdade", disse ela a Quem.

Carla falou também sobre lealdade com amigas fora da casa: "Tenho um grupo de WhatsApp com amigas que conheço há 20 anos. São amigas do colégio e do condomínio onde eu morei, no Rio".

Ela apontou, ainda, a importância de respeitar as medidas protetivas contra covid-19. Vacinada, ela que teve um câncer na tireoide no ano passado, contou que seu fim de ano (Natal e réveillon) foram bem tranquilos e que claro, ela já sabia que participaria do "BBB 21", mas não podia abrir o jogo para ninguém:

"Antes do 'BBB', tinha acabado de me curar de um câncer e estava no grupo de risco. Fiquei muito preocupada com isso. Neste último ano, não fui passar o Natal com a minha família materna em São Paulo, como sempre fiz. Meu réveillon também foi relax por conta da pandemia. A gente não podia falar. Se falasse, seria eliminada antes de entrar", finalizou.