PUBLICIDADE
Topo

Samantha Schmütz diz que errou ao criticar Deborah Secco: 'Estava chateada'

Samantha Schmütz diz que errou ao criticar Deborah Secco - Reprodução/Instagram
Samantha Schmütz diz que errou ao criticar Deborah Secco Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

20/06/2021 10h17Atualizada em 20/06/2021 14h24

Desde a morte de Paulo Gustavo no início de maio, Samantha Schmütz tem adotado uma postura de posicionamento nas redes sociais e de cobrança para que outros famosos também o façam.

Na semana em que o ator e humorista morreu, ela concordou com uma crítica a alguns artistas que também eram amigos dele, como Bruna Marquezine e Deborah Secco. No comentário que a atriz apoiou, uma internauta criticava o fato de as atrizes seguirem a vida de forma normal e continuarem suas "dancinhas" no aplicativo TikTok.

Em entrevista ao jornal "O Globo", Samantha disse que errou.

"Falamos com tantas pessoas na internet e não estamos tratando de assuntos sérios. Não é para as pessoas pararem de fazer publicidade ou dancinhas. Não é isso. Mas é cruel fazer neste momento. Mais uma vez, não estou apontando o dedo para alguém. Todos nós temos que nos questionar: Será que é legal só mostrar a vida maravilhosa? Não quero transformar isso numa briga pessoal", afirmou.

"Estava muito chateada quando falei aquilo sobre a Deborah. A morte do Paulo estava muito recente. Eu errei, não foi legal. Não deveria ter feito. O dia que nos encontrarmos, quero falar sobre esse assunto com ela. Não desejo que isso vire uma grande coisa", disse.

"Choro todos os dias"

A atriz ainda falou sobre o sentimento de luto com a morte de Paulo Gustavo, que era um de seus melhores amigos.

Paulo levou a metade da alegria do Brasil. Ele era próximo de todo mundo. Se [a morte] dessa pessoa que era parente do país inteiro não nos comoveu a ponto de realmente nos levantar, o que vai? Choro todos os dias desde que meu amigo partiu. É difícil. Todo lugar em que vou eu me lembro dele. São muitas recordações.
Samantha Schmütz