PUBLICIDADE
Topo

Cleo lança podcast sobre crime real: 'Lado sombrio das pessoas'

Cleo lançou podcast sobre crime real cometido no século XIX - Imagem: Reprodução/Instagram@cleo
Cleo lançou podcast sobre crime real cometido no século XIX Imagem: Imagem: Reprodução/Instagram@cleo

Colaboração para o UOL, em Alagoas

21/06/2021 10h46

A atriz e cantora Cleo lançou um podcast para falar sobre uma série de assassinatos que aconteceram entre 1863 e 1864 em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, episódio que ficou conhecido como os Crimes do Arvoredo.

Em entrevista ao jornal O Globo, a famosa explicou que podcast é um formato de mídia que ela tem consumido bastante e que por isso escolheu essa modalidade para falar um pouco sobre como "essas histórias mostram um lado sombrio das pessoas".

"Gera uma curiosidade não só sobre como se investiga e se desenrola o caso, mas como é o processo de pensamento de quem comete os crimes. Tentamos buscar, no decorrer da história, algo que faça algum sentido, não que explique ou justifique, mas entender o que é possível na psiqué humana", afirmou.

Cleo diz que o desafio para lançar a série no formato de podcast consiste na "forma como idealizamos contar essa história que é atuar somente por meio da voz". "Tem toda uma preparação vocal para a dicção ser coerente, a voz precisa carregar uma emoção para tocar o ouvinte", completou.

Intitulada "A Febre de Kuru", a série tem no elenco nomes como Silvero Pereira, Reginaldo Faria e Lucélia Santos.

Os Crimes do Arvoredo é um caso real cujo personagem central é o ex-policial José Ramos, que, com a ajuda da esposa, a húngara Catarina Paulsen, cometeram uma série de crimes na Rua do Arvoredo, atual Rua Coronel Fernandes Machado.

Após matar e roubar os pertences, os dois esquartejavam as vítimas, transportavam os pedaços até o açougue de Claussner, onde as partes do corpo eram desossadas, trituradas e misturas com a carne bovina para ser vendida ao público.