PUBLICIDADE
Topo

Cristina Mortágua relembra depressão e câncer que a levaram a quase 100 kg

A ex-modelo Cristina Mortágua  - Reprodução/Instagram
A ex-modelo Cristina Mortágua Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/07/2021 12h26

A ex-modelo Cristina Mortágua, de 50 anos, relembrou a fase mais difícil de sua vida, quando tinha 36 anos e descobriu um câncer e teve depressão. Além disso, ela se separava do jogador Djair.

Na época, ela teve que retirar parte da glândula tireoide, comprometida pelo tumor. A doença resultou em uma disfunção hormonal que periodicamente, precisa ser corrigida. Com isso, Cristina chegou a pesar quase 100 kg.

Em seu Instagram oficial, ela comparou o antes e depois de sua cura:

"À esquerda, de volta ao meu peso normal com os cuidados e supervisão médica. Nunca tive problema de compulsão alimentar, bulimia, entre outros. O que causou esse estado foi 'engolir calada', a invasão da casa em que estava, no nosso lar, portanto a casa era dele e eu fui desmoralizada em rede nacional naqueles famosos programas de fofoca e sensacionalismo barato e inverídico", iniciou ela.

"Mas depois da descoberta do câncer da tireoide, órgão que estabiliza as nossas funções. Tive um carcinoma papilífero e foi necessário retirar não só a metade da glândula como estava previsto, mas depois da cirurgia aberta, verificou-se a necessidade de retirá-la por completo", continuou.

"A cirurgia diante dos transtornos de um câncer 'normal' é bem traumática, não há necessidade de quimioterapia, mas as dores causadas pelos efeitos colaterais são insuportáveis. No lançamento do meu livro contarei tudo tim tim por tim tim", finalizou.