PUBLICIDADE
Topo

Juju Salimeni revela que enfrenta forte síndrome do pânico: 'Medo de sair'

Modelo desabafou sobre doença que a mantém isolada - Imagem: Reprodução/Instagram@jujusalimeni
Modelo desabafou sobre doença que a mantém isolada Imagem: Imagem: Reprodução/Instagram@jujusalimeni

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/07/2021 17h42Atualizada em 15/07/2021 17h42

A modelo Juju Salimeni usou as redes sociais para desabafar na tarde de hoje e contar que está sem sair de casa há cinco dias por conta de uma grave crise de pânico.

"Vamos lá amores. Queria compartilhar uma coisa que aconteceu comigo e mexeu demais. Dá para ver até no meu rosto. Quero compartilhar para me sentir melhor e ajudar outras pessoas também. Estou em um momento de crise de pânico. Já tinha tido outras crises de pânico, ansiedade, mas nunca dessa forma, nesse extremo, sem conseguir fazer as coisas e sair de dentro de casa, ir para academia, coisas que amo fazer", iniciou a musa fitness nos Stories do Instagram.

"Começou a cinco dias atrás no salão fazendo o cabelo. Tive crise de labirintite, tudo rodou... Sempre quando sinto muito medo, a minha crise de ansiedade ataca. Eu não sei se é algo físico ou ansiedade. Fiquei com coração acelerado, sem conseguir respirar, pensei: 'Vou morrer, vou morrer'. Já tinha passado por isso mas a crise ia embora", recordou ela que perdeu peso nos últimos tempos.

Segundo Juju, por conta da preocupação com a saúde dela, ela foi até um hospital realizar alguns exames médicos. "Desde esse dia, há cinco dias, não voltei ao normal. As outras sensações não passaram e isso me preocupa. Nunca fiquei dessa forma, fiquei muito preocupada em ter algo no coração e na cabeça. Fui no hospital morrendo de medo, apavorada, tinha exames para fazer. Fiz tudo, mandei para os médicos e estava tudo bem, saúde perfeita", afirmou.

Apesar disso, Juju marcou uma consulta com o psiquiatra para cuidar da saúde mental. "Fizemos exame de coração, os médicos analisaram e o diagnóstico foi de uma crise de ansiedade generalizada. Minha terapeuta disse que era pânico pelo medo de sair na rua. Amanhã tenho psiquiatra e quero ver... Hoje me sinto melhor, vou ver se consigo ir na academia. Temos que nos ocupar e distrair a cabeça".

"A gente acha que está bem e vai guardando os sentimentos, os problemas, não quero brigar, sou de guardar. Aquilo vai remoendo, crescendo e eu tive um surto. As pessoas me enxergam como mulher forte, mas essa mulher forte também precisa de cuidados. Estamos em um momento que o mundo nunca viveu antes. Ninguém está com a saúde mental 100% nesses tempos", desabafou.

A modelo tranquilizou os fãs ao dizer que se sente melhor neste momento, por isso gravou Stories na área externa da sua casa, falando sobre o assunto delicado. "Meu melhor dia em cinco dias. Demorei para procurar terapia mas agora vou na marra. Vou treinar um pouco também", finalizou ela.