PUBLICIDADE
Topo

'Orlando Drummond estava sofrendo e não reconhecia mais ninguém', diz filho

Do UOL, em São Paulo

27/07/2021 19h48

Orlando, filho do ator e dublador Orlando Drummond, que morreu hoje aos 101 anos, afirmou que o pai estava muito fraco nos últimos dias e não reconhecia mais os familiares.

Segundo ele, o eterno Seu Peru da "Escolinha do Professor Raimundo" piorou nos últimos dias e parou de comer. Orlando ainda contou que a família está reunida para o momento de luto.

"A gente estava preferindo que isso ocorresse porque meu pai estava sofrendo muito, estava piorando e respondendo cada vez menos. Do último sábado para cá, ele já não se alimentava, nem respondia mais a ninguém. Quando ele teve alta do hospital Quinta D'Or [em junho], ele veio para casa reconhecendo todo mundo, interagindo, falando, comendo', contou o filho, em entrevista à Quem.

"Mas sábado isso começou a mudar e ele começou a apagar, não reconhecia mais ninguém, não interagia e parou de comer. Estava só no soro. Estamos aqui ao redor da minha mãe, minha irmã, meu cunhado e eu. Meu filho e meu sobrinho estão viajando e tentando antecipar o voo para o Rio. A família está toda reunida", acrescentou Orlando.

O ator e dublador morreu hoje na casa dele, no Rio, aos 101 anos em decorrência de falência múltipla dos órgãos, informou a Rede Globo. Drummond ficou internado de abril a junho deste ano no hospital Quinta D'Or, na zona norte do Rio de Janeiro, para tratar um quadro grave de infecção urinária.

Uma das vozes mais icônicas do entretenimento brasileiro, Orlando Drummond marcou várias gerações ao dar vida para personagens da comédia, como o Seu Peru, da "Escolinha do Professor Raimundo", ou emprestar sua voz para dublagens de Alf ETeimoso, Gargamel, Scooby-Doo, Popeye e Vingador.