PUBLICIDADE
Topo

Mãe de MC Kevin relata discriminação: 'Não fui atendida porque sou negra'

Valquíria Nascimento - Reprodução YouTube
Valquíria Nascimento Imagem: Reprodução YouTube

Colaboração para o UOL, em São Paulo

31/07/2021 09h50Atualizada em 31/07/2021 09h50

Valquíria Nascimento, mãe de MC Kevin, revelou anteontem que sofreu alguns episódios de racismo pouco antes do filho morrer. Em entrevista a um podcast, ela contou que não era bem atendida em algumas lojas de marca e que o filho, quando sabia da situação, não deixava passar em branco.

"Tem uns dois ou três meses atrás que entrei em uma loja de marca para comprar uma bolsa para mim e ninguém me atendeu. Todo mundo olhando e aí veio uma menina muito simples. Eu ia comprar dois vestidos e uma bolsa. Saí da loja e contei o que aconteceu para ele [MC Kevin]. Ele falou: 'Ah é? Amanhã vou lá na loja'", iniciou ela, em participação no Podcast Sem Limites.

"Quando ele chegou na loja todo mundo foi atender. Ele perguntou: 'Quem é fulana de tal?' Aí a menina falou 'sou eu'. E o Kevin disse: 'Quem vai me atender é você, porque ninguém aqui atendeu minha mãe ontem. E aí foi ele, o Caio Black e o meu artista, o FK, e derrubaram a loja. Compraram tudo que tinha. A menina começou a chorar, porque ela iria ser mandada embora. Era o último dia dela porque ela não tinha batido a meta", lembrou a matriarca.

Ainda em participação no programa veiculado no YouTube, Valquíria relembrou outro episódio, desta vez, a discriminação ocorreu em meio a compra de um sofá. "Quando eu mudei para o condomínio, eu tinha que sair para comprar móveis. Eu fui numa determinada loja muito famosa. Cheguei lá na loja para comprar, primeiro não fui atendida porque sou negra, essa é a realidade do nosso país", relatou.

"Eu não estava num carrão, porque meu carro é um Honda Fit. Então parei meu carro na frente da loja, simples e humilde. Desceu eu e meu marido. Meu marido é moleque: bermuda jeans e tênis quatro molas no pé. Entramos na loja e atenderam ele, porque ele é branco e altão e não me atenderam. E aí ele disse: 'porque não atenderam ela? Ela quem vai comprar'", continuou lembrando.

"Perguntei o preço do sofá e o vendedor falou: 'não, tem um mais barato'. E eu disse, mas eu quero saber desse, eu não te perguntei do mais barato'. E ele disse: 'esse é muito caro'. Perguntei quanto e ele falou o preço. Eu saí e fui ver umas outras coisas. Ele disse: 'tem uma loja da gente que é um outlet e lá tem bastante coisa na promoção. Olhei pra ele, para não brigar, respirei e saí", comentou a mãe de MC Kevin.

Entretanto, a situação azedou quando ela contou ao filho todo o embaraço. "O Kevin me perguntou se eu tinha comprado e eu falei que não. Contei tudo e ele disse: 'mentira? Amanhã nós vai lá com você. E aí foi um artista. Mc Kevin parou na porta da loja de Evoque (Land Rover). Quando ele desceu sozinho já tinha gente abrindo a porta para ele. Ele pegou, olhou e disse: 'pode vir, mãe'", narrou.

"Em seguida, ele perguntou quem me atendeu e eu falei. 'O que foi que a minha mãe perguntou aqui?' Eu falei que era o sofá e que ele [vendedor] tinha falado que era muito caro como se eu não tivesse dinheiro e que tinha um mais barato. 'Quanto que é o sofá?' O cara falou: 'R$ 25 mil'. E aí ele disse: 'minha mãe até ia comprar o sofá aqui, mas nós vamos comprar na loja do outro lado e pode ser R$ 50 mil. Eu pago 50, mas não pago 25 aqui porque você tratou minha mãe mal. Kevin já saiu bravo, xingando todo mundo daquele jeito dele. Fomos na outra loja e compramos outra coisa na outra loja", encerrou Valquíria Nascimento.