PUBLICIDADE
Topo

Maria Lina sobre morte do filho, João Miguel: 'Saudades de você'

Maria Lina lamenta a saudade que sente do filho, João Miguel - Reprodução/Instagram @marialdgg
Maria Lina lamenta a saudade que sente do filho, João Miguel Imagem: Reprodução/Instagram @marialdgg

Colaboração para o UOL, em São Paulo

02/08/2021 11h50Atualizada em 02/08/2021 11h50

A estudante Maria Lina, noiva de Whindersson Nunes, fez um pequeno desabafo sobre o filho do casal, João Miguel, O bebê nasceu prematuro no fim de maio, mas morreu dois dias depois.

Ela usou sua conta no Instagram para republicar uma postagem de sua cunhada, Hagda, que exibia roupas que seriam do bebê. "Saudades de você, meu filho", escreveu ela.

A própria Hagda, irmã de Whindersson, falou sobre o menino. "Não vão deixar nunca de saber que eu estou sentindo muito a falta dele! Eu te amo, meu príncipe", lamentou.

Maria Lina e Whindersson usam as redes sociais com frequência para falar sobre a falta de João Miguel. Recentemente, o humorista mostrou um dos preparativos que havia providenciado para a chegada de seu filho.

Pelo Instagram, o humorista exibiu uma "caixa de lembranças" destinada a guardar momentos especiais do filho, como o seu umbigo e os primeiros dentinhos. Whindersson lamentou: "Dói tanto ver essas caixinhas vazias. Te amo, filho, muitas saudades, minha e de sua mãe", escreveu ele ao compartilhar a imagem no Stories.

Em outra oportunidade, Whindersson usou sua conta no Twitter para desabafar sobre a morte do menino. "Saudade do meu filho", escreveu Whindersson no primeiro dos tweets. Em seguida, ele continuou com o desabafo.

"Dói demais não ter como fazer nada, nem sei se mais alguma coisa pode me ferir." "E quando você precisa que o tempo ande rápido, ele para", escreveu Whindersson em mais dois tweets em sequência.

O humorista recebeu apoio dos seus seguidores. "Ele cuida da Maria e de ti lá do céu, olhe ele todos [os] dias através das estrelas, tenho certeza que vai encontrar nem que seja um pouco dele e de Deus, você pode não vê-los, mas senti-los é possível", escreveu uma.