PUBLICIDADE
Topo

Polícia vê nova testemunha de caso Kevin como 'importante para inquérito'

MC Kevin morreu após cair da sacada de um hotel - Reprodução/Instagram @mckevin
MC Kevin morreu após cair da sacada de um hotel Imagem: Reprodução/Instagram @mckevin

Tatiana Campbell

Colaboração para o UOL, no Rio de Janeiro

02/08/2021 16h44

A Polícia Civil do Rio de Janeiro considera fundamental para o inquérito o relato de uma nova testemunha a respeito da morte do cantor MC Kevin, segundo uma fonte ouvida pelo UOL.

Ontem, em entrevista ao "Domingo Espetacular" (Record), Fernando Dimmy Jr., cantor português de 31 anos, contou ter ficado hospedado em um hotel em frente ao local onde Kevin Bueno e os amigos estavam e declarou que o cantor "parece ter sido induzido" por MC VK a mudar de andar para fugir de um possível flagra de sua mulher, Deolane Bezerra.

Por enquanto, os celulares dos envolvidos seguem em perícia, mas é possível que novas diligências sejam realizadas para esclarecer o caso.

MC Kevin caiu da varanda do 5º andar na noite do dia 16 de maio. No quarto, ele estava com a garota de programa Bianca Dominguez.

"Tenho certeza do que eu estou falando. Deu a entender que o MC VK estava a incentivar o Kevin, que era para se pendurar naquele local. Que o Kevin largou a mão direita e ficou somente apoiado com a mão esquerda. E ali deu claramente a ouvir o que estava a dizer. Ele estava a pedir que o VK ajudasse ele. Sim, eu entendi, porque ele gritou mesmo, que deu para ouvir onde eu estava. Ele disse 'me ajuda, me ajuda!'", afirmou Dimmy Jr.

Ele ainda acrescentou: "Então, mesmo assim, o VK parece que estava a incentivar ele para ir para o andar de baixo ou largar. Depois de ter gritado e não ter conseguido ficar apoiado no parapeito da varanda, ele já quando estava a cair, ele [VK] antes deu um chute, como se fosse um chute no parapeito".

Por meio de suas redes sociais a viúva de MC Kevin, a advogada Deolane Bezerra desabafou após o relato, assim como os pais do cantor.

"Meu filho jamais teria pulado se não fosse incentivado. Que a justiça de Deus seja feita", escreveu Agnaldo Bueno, pai de Kevin Bueno.

Quem também se manifestou no "Domingo Espetacular" foi o advogado da garota de programa que estava com o artista no quarto do hotel. Bianca Dominguez alegou ter se lembrado de novos detalhes da tragédia e enviou um complemento de depoimento dado à polícia ao Ministério Público.

"A 'mocinha' só falou a verdade porque apareceu uma testemunha que viu tudo, está óbvio, medo que fala né? Para de vitimismo!", publicou a viúva de MC Kevin.

Por sua vez, o também cantor MC VK, postou uma frase se defendendo. Ele chegou a desativar a conta no Instagram, mas reativou em seguida.

"Não me importa seu julgamento; o que vai na minha alma apenas eu sei, e as dores que tenho apenas eu sinto."