PUBLICIDADE
Topo

Ana Paula Padrão conta perrengue para se livrar de vibrador de colega

Ana Paula Padrão relembra constrangimento durante entrevista a Porchat - Vídeo/Reprodução
Ana Paula Padrão relembra constrangimento durante entrevista a Porchat Imagem: Vídeo/Reprodução

Colaboração para o UOL

04/08/2021 00h58Atualizada em 04/08/2021 07h14

A jornalista Ana Paula Padrão, 55 anos, apresentadora do "MasterChef" (Band), contou uma história constrangedora que enfrentou devido a um "objeto" de uma colega.

"É uma longa história, que se passou durante muito tempo. Uma saga. Quando eu me separei do meu ex-marido, eu precisava rapidamente de um lugar pra morar, pra ir, mobiliado. E uma querida conhecida minha foi muito gentil", contou a jornalista durante o "Que História é Essa, Porchat?" (GNT) de hoje, explicando que a colega estava morando no Rio e alugou seu apartamento em SP para Ana.

Ela disse: Tem um probleminha. Eu não tirei algumas coisas minhas que ainda tão lá, eu vou deixar no quarto 2, você ocupa 1 e tá tudo certo".

A apresentadora então relatou que, ao arrumar suas coisas, encontrou uma sacola de veludo preta. "No que eu peguei, eu já saquei o que era o conteúdo", contou Ana Paula, dando a entender que o objeto em questão era um vibrador.

Era compridão. Parecia um abajur. Eu não abri pra ver porque eu já senti ali peto tato, espessura, formato... embaixo tinha uns lugares que devia ser bateria".

A jornalista então contou que deixou o objeto no quarto, pois a mãe da colega iria buscar as coisas dela em breve. Contudo, ela percebeu dias depois que ela não levou o objeto.

"Pensei. Vou largar dentro do armário, uma hora se resolve. Passaram 6 meses, 8 meses, consegui um apartamento pra mim e avisei que ia sair. Chamei o caminhão de mudança", continuou Ana Paula Padrão, contando que colocou o "abajur" em sua bolsa a fim de evitar o constrangimento que seria caso os encarregados da mudança o encontrassem.

"Fui trabalhar, de noite fui pro outro apartamento, larguei lá dentro de uma gaveta, esqueci e passei um ano lá nesse outro apartamento. Depois mudei. Na hora do caminhão de mudança, pensei 'putz, o negócio tá lá'. Catei, dentro da bolsa, fui trabalhar, de noite já tava no outro".

A apresentadora do MasterChef contou então que passou novamente por um perrengue ao precisar se mudar para morar com o marido, e lembrar do objeto. Foi aí que ela, então, saiu com ele para o trabalho, disposta a encontrar uma forma de jogar fora.

"Botei dentro de uma caixa, uma sacolinha, algo que não chamava atenção. Fui trabalhar, levei pra dentro do camarim. Pendurei num cabidinho; Fui, gravei, fui pra casa."

O sumiço do objeto

Ana Paula Padrão relembrou a tensão que sentiu ao se tocar que havia esquecido o objeto no camarim.

Fui pra casa, já era noite e tal, no dia seguinte fui trabalhar e lembrei, 'Caramba, larguei o negócio no camarim'. Cheguei correndo, procurando, entro no camarim, o negócio não tava mais lá. Tinha sumido. Falei, caramba e agora, alguém pegou isso daqui de dentro. Passei o dia gravando, tensa. Cheguei em casa de noite, tensa, contei pro meu marido, ele teve um ataque de riso.

O marido da jornalista, então, sugeriu que ela pedisse as câmeras de segurança da emissora para ver quem havia saído do camarim com a sacolinha na mão. Contudo, Ana Paula preferiu conversar com a estilista, que tinha acesso a todos os camarins.

A estilista, então, falou com as camareiras e, em seguida, voltou com uma delas. A camareira contou que havia pego a sacolinha porque achou que poderia se tratar de uma joia que ela havia esquecido.

Eu fui ver, que podia ser joia, coisa de valor. Quando eu enfiei a mão dentro, pelo tato..."

O fim da 'saga'

Ana Paula Padrão contou, então, que pediu ajuda a Neusinha, a camareira, para sumir com o objeto no dia seguinte, durante a gravação de uma externa.

Contudo, com a quantidade de gente, elas não conseguiram "desaparecer" com o vibrador na fazenda. O final escolhido foi narrado pela jornalista aos risos: o vibrador foi jogado no Rio Tietê.

Voltando na van, como quem não quer nada, tum, Neusinha abre a janela e tchum, aquela coisa voou".