PUBLICIDADE
Topo

Juliette relembra paixão por ex-calouro de Raul Gil: 'Queria casar'

Juliette participa do "Que História é Essa, Porchat?" - Vídeo/Reprodução
Juliette participa do "Que História é Essa, Porchat?" Imagem: Vídeo/Reprodução

Colaboração para o UOL

04/08/2021 00h14Atualizada em 04/08/2021 09h04

Juliette Freire, 31 anos, campeã do "BBB 21", lembrou sua infância durante o "Que História é Essa, Porchat?" de hoje.

Questionada pelo apresentador a respeito de quem teria sido seu primeiro crush famoso, a ex-sister abriu o coração.

Não gosto das pessoas óbvias. Era apaixonada por um calouro do Raul Gil chamando Rick Vallen. Lembro da cena dele cantando 'Brasil mostra tua cara'. E ele é gay, se maquiava, fazia performance com a bandeira. Quando descobri que ele era gay e namorava, eu chorei muito, queria casar com ele, ter filhos. A voz dele é maravilhosa, até hoje às vezes eu escuto".

Também convidadas do programa, a influenciadora Pequena Lo e a jornalista Ana Paula Padrão responderam a pergunta. Enquanto Ana Paula elegeu o jornalista Lucas Mendes e explicou que o encanto veio por querer ser correspondente igual a ele, Pequena Lo "inovou" ao escolher um desenho: o personagem Diego, do filme "A Era do Gelo".

Primeira lembrança de infância

As convidadas contaram também a primeira lembrança de infância que possuem. Pequena Lo relatou uma queda de moto, a qual lhe rendeu uma grande raladura. Juliette relatou sobre andar de bicicleta com a irmã:

Lembro andando de bicicleta com a minha irmã. Tenho foto desse dia. Lembro a primeira vez que andei de bicicleta com ela, minha mãe segurando".

Ana Paula Padrão também escolheu uma memória afetiva, ao relatar uma viagem para Minas com o pai nas férias: "Eu lembro dele ouvindo o jogo de futebol no carro. Eu ia deitadinha no banco e ele ouvindo no rádio. Ele era fanático pelo Flamengo", relatou.

Apelidos

Elas contaram também sobre apelidos que possuem e ninguém conhece. Pequena Lo relatou ser chamada de "Pequena Louca", enquanto Juliette contou ter ganhado o apelido de "chupa peda", por conta do lábio, em "homenagem" a um peixe do nordeste chamado de "chupa pedra".

Ana Paula Padrão revelou ser chamada de "Anão", por uma amiga que afirma que ela é muito mulherão para ser chamada de "Aninha".

Viagem especial

Ao falar sobre uma viagem especial, Juliette se emocionou ao citar o Rio de Janeiro:

Tenho uma história espiritual com o Rio. Já duas vezes eu tive uma sensação muito boa. Primeira vez vim fazer um passeio de farrar, brincar com minhas amigas. Do nada a gente chegou num lugar e as três começaram a chorar e falamos que estávamos sentindo Deus. E quando eu tava na minha última viagem antes de entrar no Big Brother, eu tava no avião e comecei a chorar, uma sensação de meditação".

Porchat brincou com a sister, falando que o Rio nos últimos anos tem feito muitos chorarem.

Brasileiro que mais admira

Convidadas a falar sobre o brasileiro que mais admiram, Juliette citou Machado de Assis, Pequena Lo elegeu Santos Dummont e Ana Paula Padrão também lembrou Machado de Assis, mas elegeu Cecília Meireles.

O que não pode faltar no céu

Ao final, as convidadas elegeram o que não pode faltar ao chegarem no céu. Pequena Lo citou comida japonesa, Ana Paula Padrão escolheu vinho e Juliette citou músicas e azeitonas, revelando ainda seu gosto pelo petisco.

"Azeitona, das verde, sem caroço. Não confio em que não gosta de azeitona. Bom demais, como igual salgadinho".

No programa, a paraibana também relatou uma história envolvendo um encontro mal sucedido.