PUBLICIDADE
Topo

Repórter é barrada no Planalto, diz SBT; seguranças pedem troca de roupa

A repórter do SBT Nathalia Fruet trocou de roupa para entrar no Palácio do Planalto - Reprodução/SBT
A repórter do SBT Nathalia Fruet trocou de roupa para entrar no Palácio do Planalto Imagem: Reprodução/SBT

Do UOL, em São Paulo

20/09/2021 22h12Atualizada em 21/09/2021 09h43

A repórter do SBT Nathalia Fruet foi barrada por seguranças no palácio do Planalto, em Brasília, por conta de suas roupas. A informação foi dada pela apresentadora Márcia Dantas durante o "SBT Brasil" de hoje.

Nathalia usava um traje social com bermuda de alfaiataria antes de ser barrada por seguranças. Segundo o relato, a repórter só trabalhou na sala de imprensa disponível no local após realizar a troca por calças.

O gabinete de segurança institucional justificou a proibição utilizando uma norma interna editada em junho de 2020 pela presidência. O documento prevê o uso de saias e calças por mulheres, mas não cita a proibição de bermudas.
Márcia Dantas no "SBT Brasil"

"Lamentável", comentou Márcia Dantas ao vivo após informar sobre a situação no telejornal do SBT. Mais tarde, a repórter fez uma postagem sobre a situação.

Aviso de utilidade pública: bermuda feminina de alfaiataria faz parte da vestimenta das mulheres para trajes de trabalho e sociais. Hoje precisei voltar pra casa e trocar de roupa para transitar no Planalto
Nathalia Fruet no Instagram

A repórter compartilhou um vídeo nos Stories do Instagram em que reclamou da forma como os seguranças administraram a situação. Ela diz que entrou e deixou objetos pessoais na sala de imprensa antes de ser barrada no retorno.

A minha reclamação é de que faltou bom senso nesse caso. Eles poderiam administrar a situação de outra forma. A liberação só aconteceu com a condição de me acompanharem até o centro de imprensa.
Nathalia Fruet no Instagram

O UOL entrou em contato com a equipe do Palácio do Planalto ontem e hoje, mas não obteve um posicionamento sobre a ação dos seguranças.