PUBLICIDADE
Topo

Psicólogo vê coragem em atitude de Medrado e descarta autossabotagem

A Fazenda 2021: Medrado desistiu do reality rural - Reprodução/RecordTV
A Fazenda 2021: Medrado desistiu do reality rural Imagem: Reprodução/RecordTV

Marina Marini

Do UOL, em São Paulo

24/09/2021 13h04

Após Fernanda Medrado ter pedido para sair de "A Fazenda 2021" (RecordTV), a equipe da ex-peoa divulgou um comunicado alertando que "saúde mental não é brincadeira."

O UOL conversou com Alexander Bez, psicólogo e especialista em Relacionamentos pela Universidade de Miami (UM) e em Ansiedade e Síndrome do Pânico pela Universidade da Califórnia (UCLA), para entender melhor o assunto.

Para ele, o que comanda um reality show é a falta de enredo, trama ou percurso a ser seguido. Associado a isso, o confinamento psicológico, principalmente por ainda estarmos no meio de uma pandemia, influencia a vida das pessoas de maneira mais evidente.

Reality show não é uma brincadeira, justamente por ser uma coisa real e não ter enredo. É difícil você ter uma participação em um programa, você tem que ter uma estrutura muito grande. Agora, não é segredo o pesar do confinamento, e não é segredo a 'guerra fria' que você vai viver lá dentro. A gente está falando de um prêmio de R$ 1,5 milhão. Para ela [Medrado] abrir mão do carro e do próprio cachê de participação, o negócio é muito mais sério. afirmou Bez

Ainda sobre a pressão psicológica que o próprio confinamento provoca, o psicólogo trouxe à tona o termo "transtorno da impaciência", que "é puramente emocional, mas que precisa de estímulos externos para ser evidenciado."

Quando ela [Medrado] viu ali, de repente, que as pessoas poderiam ser não tão verdadeiras como ela achou, independente do confinamento e da pressão, ela pode ter tido uma certa decepção. [...] Às vezes, esse contato no confinamento com a realidade proposta por outras pessoas pode ser altamente desestimulador. considerou

"Pânico pandêmico inconsciente"

Além da falta de estímulos externos, o contexto pandêmico também pode influenciar nas atitudes dentro do confinamento.

Para Bez, estar em um reality show atualmente é diferente dos confinamentos até 2019, na época pré-pandêmica.

"Esse contexto pandêmico também ajuda a pessoa a ficar em uma situação mais complicada. É um desejo perceptível, mas que ao mesmo tempo está no inconsciente, de quando a pandemia vai acabar para podermos retomar a realidade", afirmou.

Por isso, ele reforça a importância de uma equipe de psicólogos à disposição dos participantes de "A Fazenda 13". No caso de Medrado, ela passou por um atendimento psicológico depois de ter tocado o sino.

"Você pode ter uma pessoa ali que já tenha alguma síndrome pré-instalada e que não foi desenvolvida ainda. A presença de um psicólogo ali vai ajudar para que qualquer tipo de transtorno mental não seja tão cruel com a própria pessoa portadora, e para ela poder se equilibrar um pouco mais para desenvolver o seu curso como participante. Os psicólogos que estão ali são importantíssimos justamente para manter esse equilíbrio e para trazer um pouco de alívio para a pressão do confinamento", disse.

Por fim, Bez afirmou não ter considerado a atitude de Medrado como autossabotagem.

Eu não entendo ela [Medrado] como uma autossabotadora, não vejo que ela se autossabotou, de jeito nenhum. Pelo contrário, ela teve muita coragem para fazer isso. Na minha opinião, ela está de parabéns porque tomou a atitude que achou que tinha que tomar, sem se importar com comentários paralelos, e dando ao reality show aquilo que ele precisa: autenticidade. finalizou

Segundo apuração do UOL, Fernanda Medrado deixou "A Fazenda 2021" com dúvidas a pagar. A cantora deverá devolver o cachê recebido e o que ganhou com publicidade no programa, além de perder todos os prêmios conquistados no confinamento. Ela ainda paga uma multa pela rescisão de contrato.

A Fazenda: Em fotos, a passagem de Medrado pelo reality