PUBLICIDADE
Topo

Achar que mulher não transa depois dos 50 é ignorância, diz Suzana Vieira

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, no Rio

25/09/2021 09h21

A atriz Susana Vieira, 79, afirmou que é "ignorância" acreditar que uma mulher para de transar depois dos 50 anos. Ela avalia que o machismo brasileiro leva as pessoas a terem esse tipo de pensamento.

Essa coisa de que a mulher perde a vontade de namorar ou transar depois dos 50 é ignorância. Acho que faz parte do machismo brasileiro, que é exagerado.
Suzana Vieira, atriz

Em entrevista ao jornal O Globo, a atriz também falou sobre política, pandemia e sua relação com o corpo e os homens. Para Suzana, o tabu em relação à sexualidade depois de certa idade varia de acordo com cada um. "Existem aquelas que envelhecem com 40 anos e as que não envelhecem", diz.

Suzana também comentou sua relação com homens, especialmente os mais jovens.

"Eu me aproximei de homens jovens a vida inteira depois dos meus matrimônios porque eles acham alguma graça em mim. Não dei apartamento para nenhum deles, meu amor, nem carro. Posso até ter dado uma moto", relembrou aos risos, de acordo com a entrevista.

E completou: "Essas pessoas mais jovens conseguem levar uma vida conjugal comigo porque sou engraçada, trabalho fora, não encho o saco nem telefono. Quero saber é do meu texto e se vou beijar o Cauã Reymond na próxima cena".

A atriz também afirmou que homens ficam "tímidos" diante de mulheres como ela, inclusive sexualmente. "Acho que vou com muita sede ao pote. Eles ficam querendo bater papo, enquanto o tempo está correndo. A vida é mais rápida!", comenta.

"Estão avacalhando uma pessoa importantíssima", diz sobre Moro

Em 2016, nos atos contra a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), Suzana Vieira fez parte do #MoroBloco, um grupo que foi às ruas com camisetas estampadas com o rosto do ex Ministro da Justiça Sérgio Moro, que na época era o juiz responsável pela Lava Jato em Curitiba.

Hoje, a atriz sinaliza que continua apoiando Moro.

Sinceramente, acho que estão avacalhando uma pessoa importantíssima nesse Brasil. Esse homem foi importante porque deu nome aos bois. Só que os bois estão soltos. Então, não adiantou nada. Só lamento."
Suzana Vieira, atriz, sobre Sérgio Moro

A atriz também se posicionou contra o governo federal. Ela afirma que não pode ser favorável a um governo que é pró-armas e "mistura religião com política". Suzana também comenta a cobrança de posicionamento político de alguns artistas.

"Agora, é muito difícil falar de política, e a imprensa inteira ficar cobrando de nós artistas uma colocação certinha, querendo saber em quem a gente votou ou não. Por que não vão cobrar isso de outras pessoas? Cobrem isso de um desses advogados que ganham milhões para livrar os ladrões", avalia.