PUBLICIDADE
Topo

Áudio obtido pela Fox mostra que policiais sabiam que Gabby Petito apanhou

Influenciadora Gabby Petito foi encontrada morta - Reprodução
Influenciadora Gabby Petito foi encontrada morta Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

26/09/2021 17h51Atualizada em 26/09/2021 18h02

Um áudio obtido com exclusividade pela Fox 13 Utah e divulgado hoje pela Fox News, mostra que os policiais que pararam Brian Laundrie e Gabby Petito na estrada em 12 de agosto, um mês antes do registro de desaparecimento da garota, sabiam que o rapaz havia batido na garota.

Ouça o áudio (em inglês):

No áudio, eles são comunicados que testemunhas afirmaram que um rapaz havia batido na garota e saído com uma van branca com placa da Flórida em direção ao norte. Os policiais logo identificaram o carro e pararam o casal na estrada.

As imagens gravadas pela câmera de segurança acoplada no uniforme de um dos policiais mostram que Gabby Petito estava muito abalada e chorando, enquanto Brian Laundrie parecia calmo.

O noivo alegou para os policiais que a garota tinha problemas com saúde mental, estava desequilibrada e havia batido nele. Mesmo levada para longe do rapaz, Gabby não negou a versão e apenas chorava, pedia desculpas e alegou que eles tinham discutido.

Os policiais liberaram o casal e determinaram que eles passassem a noite separados, mas Brian não teria feito check-in no motel designado para ele passar a noite, enquanto Gabby ficaria na van.

Nenhum inquérito foi aberto pelo incidente. O que aconteceu depois disso ainda é mistério e está sendo investigado.

Com o áudio, caso seja provado que os policiais já sabiam que Gabby Petito havia sido agredida e que lidavam com um caso de violência doméstica, eles podem ser afastados de suas funções.

Brian Laundrie voltou sozinho para casa dos pais na Flórida em 1º de setembro, se negando a dar informações sobre o paradeiro de Gabby Petito. Dez dias depois, a familia dela registrou o desaparecimento. Em 19 de setembro a polícia encontrou os restos mortais da garota em uma floresta em Wyoming.

Desde então, Brian Laundrie está desaparecido e é considerado foragido. Na sexta-feira (23) um mandado de prisão foi emitido após o suspeito usar o cartão da garota morta.