Topo

Nego do Borel critica Edir Macedo: 'Patrocínio vale mais que uma vida'

Nego do Borel critica Edir Macedo Imagem: Reprodução/Playplus

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/10/2021 09h35Atualizada em 04/10/2021 09h52

O cantor Nego do Borel voltou a lamentar sua expulsão de "A Fazenda 13" (Record TV). Nas redes sociais, o funkeiro disse aos fãs que não está conseguindo dormir.

Além disso, Nego alfinetou o dono da Record, bispo Edir Macedo:

"[...] o bispo lá, dono da emissora, com todo o respeito, dono da Igreja... mas, será que um patrocínio vale mais que uma vida? [...] Caraca. foi covardia o que fizeram comigo. Dediquei meu tempo, fiquei 14 dias em quarentena, sem telefone, assinei o contrato bonitinho e fui expulso como estuprador".

Em seguida, o artista disse que não consegue ficar em casa por isso tem ido para baladas e festas. Por fim, Nego do Borel falou dos colegas de confinamento, Erasmo Viana e Tiago Piquilo. Além de dizer que sente a falta dos peões, ele compartilhou vídeos em que os participantes falam seu nome na sede.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Nego do Borel critica Edir Macedo: 'Patrocínio vale mais que uma vida' - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL


A Fazenda