PUBLICIDADE
Topo

Do esporte aos correspondentes: Veja os jornalistas já demitidos da Globo

Roberto Paiva também saiu da Globo este ano; outros nomes já deixaram emissora - Reprodução/TV Globo
Roberto Paiva também saiu da Globo este ano; outros nomes já deixaram emissora Imagem: Reprodução/TV Globo

DO UOL, em São Paulo

08/10/2021 11h04Atualizada em 08/10/2021 13h07

A Globo já passou por mudanças no jornalismo da emissora. Tanto a TV aberta como o canal fechado GloboNews viveu a dança das cadeiras com Giuliana Morrone, Heraldo Pereira, Julia Dualibi, Cesar Tralli, Leilane Neubarth , Aline Midlej e José Roberto Burnier envolvidos em novidades.

Mas há quem não possa comemorar as mudanças: nomes veteranos da emissora foram desligados após anos de casa. Entre eles, estão Ari Peixoto, Alberto Gaspar, Luís Fernando Silva Pinto, Fernando Saraiva e Roberto Paiva.

Só que bem antes da pandemia de coronavírus impactar os cofres da TV Globo, Faustão e Tiago Leifert decidirem sair e Marcos Mion chegar no entretenimento, a área jornalística já viu nomes saírem do "plim plim".

Relembre os jornalistas já demitidos pela Globo.

Luís Fernando Silva Pinto

Luís Fernando Silva Pinto - Reprodução/TV Globo - Reprodução/TV Globo
Luís Fernando Silva Pinto trabalhou na Globo como repórter em Washington
Imagem: Reprodução/TV Globo

Um dos primeiros nomes da turma de correspondentes da Globo iniciada com Sandra Passarinho, Luís Fernando Silva Pinto tinha mais de 40 anos de casa. Ele começou cobrindo a partir de Londres.

Seu principal trabalho foi como jornalista baseado em Washington, nos Estados Unidos. A demissão foi anunciada no ano passado com direito a despedida na GloboNews.

Roberto Paiva

Roberto Paiva - Reprodução/TV Globo - Reprodução/TV Globo
Roberto Paiva também saiu da Globo este ano
Imagem: Reprodução/TV Globo

Conhecido em São Paulo, Roberto Paiva saiu da Globo ainda este mês. O jornalista começou sua carreira como correspondente em afiliadas da emissora no estado do Paraná.

José Raimundo Carneiro de Oliveira

José Raimundo Carneiro de Oliveira - Reprodução - Reprodução
Repórter José Raimundo Oliveira
Imagem: Reprodução

No início do ano, José Raimundo foi o nome a ser desligado pela emissora. O repórter da TV Bahia trabalhava com reportagens na casa fazia 31 anos e, segundo ele, a decisão foi da empresa.

Fernando Saraiva

Fernando Saraiva - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Fernando Saraiva era correspondente e da área esportiva da Globo
Imagem: Reprodução/Instagram

Correspondente em Londres, Fernando Saraiva deixou a Globo depois de 22 anos. O repórter comunicou a saída através das redes sociais.

Ele não falou em demissão, apenas se referiu ao desligamento como um comum acordo entre ele e a Globo.

Cartolouco

Em 2020, o departamento esportivo teve a demissão do jornalista Lucas Strabko, conhecido como 'Cartolouco'. A passagem durou cinco anos e sua demissão veio na esteira do desgaste da Globo com as brincadeiras dele.

Mauro Naves

Mauro Naves - Reprodução/TV Globo - Reprodução/TV Globo
Mauro Naves é afastado da cobertura da Globo por envolvimento no caso Neymar
Imagem: Reprodução/TV Globo

Mauro Naves era o repórter esportivo responsável por coberturas de campeonatos e até da seleção brasileira até 2019. O jornalista foi afastado e depois desligado quando seu nome foi envolvido no caso de Neymar e Najila.

Mauro teria passado o telefone do pai de Neymar ao advogado José Edgar Cunha Bueno, ex-advogado de Najila, que acusava o jogador o atacante de estupro.

William Waack

William Waack - Divulgação - Divulgação
William Waack é âncora da CNN Brasil
Imagem: Divulgação

Principal nome da CNN Brasil, William Waack foi demitido da Globo em 2017 após ser afastado por fazer um comentário racista.

Waack teve o contrato rescindido pela Rede Globo. Ele foi substituído por Renata Lo Prete