PUBLICIDADE
Topo

Ex-pastora diz que experiência na igreja a ajudou no OnlyFans: 'Libertador'

Nikole Mitchell largou Igreja Batista e virou stripper - Reprodução/Instagram
Nikole Mitchell largou Igreja Batista e virou stripper Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/10/2021 17h15Atualizada em 18/10/2021 17h19

Nikole Mitchell, ex-pastora que virou stripper e abriu conta no OnlyFans, acredita que sua experiência na Igreja Batista a ajudou com o site de conteúdo adulto. "Descobri que esses trabalhos têm mais em comum do que imaginamos", contou ao This Morning.

"Fomos criados em um mundo em que ou algo é bom, ou ruim. Certo ou errado, preto ou branco. Ficamos nos sentindo divididos entre duas escolhas quando sabemos que deve haver uma opção melhor", acrescentou Nikole.

"Sou uma ex-pregadora que virou modelo. Agora, ganho mais dinheiro em um mês do que costumava ganhar em um ano", disse ela, contando que mora "onde a sexualidade e a espiritualidade colidem" e é "paga para tirar a roupa".

"Moro onde fé e fetiches se encontram, onde autoexpressão e realização sexual se encontram, sem trocadilhos [...] É profundamente curador e libertador", afirmou ela, explicando ter ficado surpresa por descobrir que "habilidades que usou na igreja, também usa no trabalho adulto".

OnlyFans é um site popular na indústria do entretenimento adulto. Nele, as pessoas podem assinar fotos e vídeos de outros, seja famoso ou anonimo. Não há censura para imagens nuas. Ele foi lançado em 2016 no Reino Unido. No Brasil, a página conta com celebridades como Anitta, Raíssa Barbosa, Silva e Rita Cadillac.