Topo

Produção de "A Fazenda 9" descarta agressão de Minerato contra Fábio Arruda

Reprodução/TV Globo
Fábio Arruda após barraco com Ana Paula Minerato Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

22/09/2017 23h35

Apesar dos protestos de Fábio Arruda e Dinei, a produção de "A Fazenda 9" não considerou agressão física a insinuação de cabeçada de Ana Paula Minerato contra Fábio Arruda, ocorrida na madrugada desta sexta-feira (22) logo após a roça que eliminou Nicole Bahls.

A edição de hoje exibiu a briga na íntegra e os protestos subsequentes do consultor de etiqueta. Em uma das cenas, Roberto Justus declarou que "não houve agressão física nem nada que justificasse a expulsão" de Minerato. 

A transmissão do sinal de "A Fazenda" ficou suspenso desde a briga e só retornou após a exibição do programa na Record, o que levou muitos internautas a especularem a possível saída de Fábio Arruda. 

A briga

A primeira roça do programa surpreendeu os peões, que não esperavam a eliminação tão rápida de Nicole Bahls. Ana Paula Minerato, que indicou a peoa para a berlinda após receber dez votos da casa, agradeceu pela eliminação da rival, já que torcia pela permanência de sua amiga no jogo, Monick Camargo. 

Fábio Arruda e Dinei, que desde o primeiro momento da roça torciam pela permanência de Nicole Bahls, lamentaram o resultado, e o consultor de etiqueta se revoltou e chamou a peoa de desagradável. Minerato não se intimidou, ficou cara a cara com o peão e chegou a fazer um movimento de cabeçada em sua direção. Fábio Arruda então se descontrolou e começou a xingar a peoa, e precisou ser contido pelos demais colegas para não agredir Minerato fisicamente.

"Vem me dar uma cabeçada, sua macaca. Sua rampeira. É bem do seu nível, sua maloqueira, você é um lixo, você é um animal. Você vai ver o que eu vou fazer aqui dentro com você. Você é marginal, você é da rua, você é da sarjeta. Eu não tô num lugar pra levar cabeçada de mulher qualquer", berrou Fábio, enquanto Yuri o segurava e afastava de Ana Paula. 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!