Topo

Adélia desconfia que Ronan esteja sendo protegido pela produção do "BBB16"

do UOL, em São Paulo

01/02/2016 18h31

A participante do "BBB16" Adélia desconfia que Ronan esteja sendo protegido pela produção do programa. Enquanto conversava sobre o mau comportamento do estudante com Ana Paula e Juliana na tarde desta segunda-feira (1), Adélia levantou a hipótese de que o brother tivesse sido beneficiado pelo big fone estrategicamente.

"Eu acho que ele deve ter ganhado a imunidade para permanecer no programa. Se não fosse essa imunidade, ele iria [para o paredão], ou pelo líder, ou pela casa" apostou a advogada.

Sem saber que o apresentador Pedro Bial já havia avisado que quem atendesse o big fone estaria imune no próximo paredão, Adélia desconfiou que a mensagem do do telefone fosse direcionada, de acordo com o participante que atendesse à ligação. "Se fosse eu [que tivesse atendido], poderia ter ido direto para o paredão".

Juliana, porém, lembrou de outras edições do reality e disse que o mais provável é que o apresentador tenha informado a mensagem do big fone com antecedência. 

Mau comportamento

Depois de ter chorado por não poder comer melancia, Adélia percebeu que Ronan passou a provocá-la, comendo a fruta em sua frente, propositalmente. Lembrando do episódio, após voltar para o grupo 'Tá com nada', Adélia comentou com as sisters: "Eu percebi que era na maldade. Ele sabia que esse era meu ponto fraco".

A advogada mostrou-se decepcionada com a mudança de postura de Ronan: "Ele tinha tudo para ganhar este jogo. Ele tem uma história bonita". "E ele passou fome, não foi? Então, como pode? Como ele consegue fazer esse tipo de coisa por maldade?" questionou Juliana, concordando com Adélia.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!