Topo

Fora da casa, Nayara torce por Viegas: "Quero um preto como campeão"

Reprodução/Gshow
Nayara declara torcida por Viegas fora da casa Imagem: Reprodução/Gshow

Do UOL, em São Paulo

21/02/2018 01h33

Após ser eliminada na noite desta terça-feira (20), com a terceira maior rejeição da história do programa, Nayara foi a entrevistada do programa online "Rede BBB", apresentado pela ex-BBB Fernanda Keulla. A jornalista afirmou que torce pela vitória de Viegas: "Quero um preto como campeão".

A produção exibiu um trecho da discussão entre a jornalista e Viegas. Logo na sequência, a apresentadora perguntou se a sister tinha mágoas do músico, mas a resposta foi bem positiva: "A vida não precisa ser à ferro e fogo. Não é a primeira vez que eu tenho problema com um negro e nem a última. Se eu defendi ele, é porque ele não é medíocre. Se fosse algum boçal, eu nem tentaria falar nada. Eu espero que ele ganhe, eu quero uma pessoa preta como campeã deste programa”.

O papo entre as duas começou com as primeiras impressões de Nayara: "Eu sou uma pessoa que faz opção por caráter e moral. Eu trabalho muito e pago aluguel há 14 anos, isso não vai mudar. Se eu estimo uma pessoa, eu não gostaria que ela saísse com um predicado destes. Meu caráter e moral vem em primeiro lugar". Em ritmo de brincadeira, a sister também recebeu um DVD com técnicas de malhação, com Jéssica na capa, para ela continuar os treinos em casa. 

Reprodução/Gshow
Imagem: Reprodução/Gshow

Questionado sobre o relacionamento entre Lucas e Jéssica dentro da casa, a sister foi enfática ao defender o empresário: "Eles não estão se pegando, é uma relação de amizade. Dentro da casa eles ficam mais sensíveis, só isso. O Lucas é apaixonado pela Ana Lúcia, ele quer voltar e ficar com ela". 

A apresentadora insistiu na pergunta e Nayara novamente defendeu Lucas: "Acho que não tem chance nenhuma. Ele quer encontrar a noiva dele, a Ana Lúcia. Ele merece que dê certo, se ele se excedeu um pouco, vamos relevar. Jéssica é uma ótima pessoa também. Mas não vai rolar nada entre eles”

Perguntada sobre Gleici, a jornalista respondeu: "Ela tem uma representação por ser alguém do Norte, mas ela precisa fazer algo. Não preciso amar a Gleici, mas preciso amar onde ela está inserida na sociedade e torcer por ela. Agora eu já disse que torceria pelo Viegas, mas acho que ela merece ganhar muito também. Ela é simples de grana, se não for o Viegas, que seja ela a campeã”. 

Reprodução/Gshow
Imagem: Reprodução/Gshow

Fernanda Keulla pediu a palavra e disse: "Mas todos os perfis podem ganhar o “BBB”, eu como vencedora...". Nayara não deixou a apresentadora terminar a frase e retrucou: “Mas em 18 edições nenhum preto ganhou. Pode ser que tenha representatividade, mas em um país com a maioria de negros, nenhum ganhou esse programa e isso é um pouco estranho". 

A sister aproveitou também para criticar Caruso: “Eu gostaria que ele saísse. Acho que não se deve perder os limites de caráter para vencer um jogo. Ele fez pior que isso, ele mentiu para o Lucas falando que não estava comigo no quarto, chamando alguém de ‘Judas’. Eu acho isso gravíssimo, mas não sei se vocês passaram isso em alguma edição".

Em sua mensagem final, Nayara declarou outras torcidas dentro da casa: “Acreditem no Lucas, na Jéssica, no Breno e no Wagner. Eles têm bom coração. Até minha mãe disse que está torcendo pela Jéssica. Acho que a escolha de todos foi muito acertada, mas eu queria um preto campeão”.

Reprodução/Gshow
Imagem: Reprodução/Gshow

Após o fim da entrevista, Fernanda Keulla chamou a mãe de Nayara para o estúdio. Muito bem humorada, Lúcia Helena avisou a filha que não existia nenhum bar próximo aos estúdios para as duas conversarem. Na sequência, ela questionou a escolha na vitória de Viegas: “Mas é um preto honesto? Fazer apologia ao crime não é legal”.