Topo

Coluna

Chico Barney


BBB20 com celebridades é uma das piores ideias da história

Siri e Boca Rosa no BBB20: Será que realmente merecemos isso? - Reprodução
Siri e Boca Rosa no BBB20: Será que realmente merecemos isso? Imagem: Reprodução
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

25/10/2019 14h39

É com muito receio que recebo as notícias diretamente da coluna do grande Léo Dias: a Globo estaria planejando encher de celebridades a vigésima temporada do BBB. Entre as cotadas para o elenco, Íris Stefanelli, egressa da sétima edição, e a influenciadora Boca Rosa.

Absolutamente nada contra esses grandes vultos do entretenimento nacional. Inclusive considero que são ótimas personalidades para compor qualquer outro reality show. Mas será que vale o risco de um BBB com gente famosa?

As edições mais recentes do programa enfrentaram um grande problema, a preocupação dos participantes anônimos em garantir um sustento posterior como influenciadores digitais. Para isso, fugiram de polêmicas e apostaram na paz e no amor, esvaziando o conteúdo do programa.

A tendência é que ex-participantes e celebridades virtuais apostem em posturas amigáveis para marcas interessadas em investir no Instagram. Em nome do bom e velho jabá nas redes sociais, morre o entretenimento de qualidade no BBB.

CAMPANHA DO VOTO POR CPF CONTINUA

Entre as teorias mais comentadas sobre a temporada 20, o elenco misturaria anônimos com famosos. Uma das medidas para deixar a balança minimamente equilibrada é um pedido antigo desta coluna: permitir apenas 1 voto por CPF, diminuindo o impacto dos fãs mais fervorosos e conquistando, assim, um retrato mais fiel da opinião pública nos paredões.

Os entusiastas do programa especulam que teremos novidades mais sólidas sobre o programa a partir do começo de novembro. Espero que Boninho traga boas notícias. Merecemos algum alento depois da terrível temporada deste ano.

UOL VÊ TV

Aproveitando o ensejo, convido o amigo leitor para se tornar ouvinte da mais nova mesa-redonda sobre televisão. Maurício Stycer, Flávio Ricco e eu participamos do podcast mais querido do Brasil. Ouça o segundo episódio, que trata sobre possibilidades para o futuro do Se Joga na Globo, além de algumas novidades sobre a operação da CNN e os destaques positivos e negativos da semana. Vai ao ar toda quarta-feira!

Ouça UOL Vê TV no Spotify, Google, Deezer ou Apple.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Chico Barney