PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Fefito


Record avalia adiar estreia de 'Gênesis' após cancelamento de gravações

Oscar Magrini será Noé em trama bíblica - Reprodução / Internet
Oscar Magrini será Noé em trama bíblica Imagem: Reprodução / Internet
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

19/03/2020 11h05

Resumo da notícia

  • Trabalhos no Marrocos foram interrompidos por causa do coronavírus e elenco voltará ao Brasil
  • Gravações em estúdio também foram canceladas e não têm previsão de volta
  • Novela bíblica tinha estreia prevista para abril

Com estreia prevista para abril, "Gênesis" deve ser ter sua estreia atrasada pela Record. Por causa da pandemia de coronavírus, a novela bíblica teve as gravações suspensas no Brasil e também no Marrocos, onde uma larga equipe de atores se encontra desde a semana passada.

Para lá foram nomes como Camila Rodrigues, Pérola Faria, Alexandre Slaviero, Nando Rodrigues, Zécarlos Machado e Ângelo Paes Leme. No país africano, estradas começaram a ser fechadas, hotéis isolados e voos cancelados. A emissora entendeu que não daria mais para seguir com os trabalhos e decidiu trazer os atores e produtores de volta.

Com sete frases e 200 atores no elenco, "Gênesis" já gravou sequências de algumas etapas da trama, como Adão e Eva, Caim e Abel e Noé. A emissora avalia, no entanto, que faltarão capítulos caso a quarentena continue para segurar a novela no ar. Internamente, há quem defenda que a estreia seja movida para maio ou junho.

A Record paralisou também os trabalhos de "Amor Sem Igual", que vem sendo gravada nos estúdios da Casablanca e avaliará a necessidade de voltar ao trabalho semana a semana.

Fefito