Topo

Coluna

Leo Dias


Pabllo Vittar será jurada em reality de drag queens na Alemanha

Pabllo Vittar - Reprodução/Instagram
Pabllo Vittar Imagem: Reprodução/Instagram
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

12/11/2019 03h14

Após entrar para a história ao se tornar a primeira drag a ganhar um prêmio no MTV Europe Music Awards, Pabllo Vittar estará presente no 'Queen of Drags', versão alemã do 'Ru Paul's Drag Race', famoso reality de drag queens americano. A brasileira será jurada da atração nesta quinta-feira (14), na estreia do programa, que tem como principal apresentadora a super modelo alemã Heidi Klum e terá como jurados a drag austríaca Conchita Wurst e o vocalista da banda Tokio Hotel, Bill Kaulitz.

Segundo fontes, a participação de Pabllo no programa foi gravada em junho, durante rápida viagem feita a Los Angeles, nos Estados Unidos. Na mesma época, ela participou de um desfile da grife italiana Moschino e deu entrevista à revista Times, que apontou a drag e cantora brasileira como uma das 22 personalidades que serão líderes da próxima geração no mundo.

Pabllo já havia dito que gostaria muito de participar como jurada do reality de Ru Paul, pela influência que o programa teve na concepção de sua persona. "Drag Race foi a razão de eu começar a fazer drag.", disse ela, que não acredita que se daria bem como participante do programa, devido à falta de habilidades necessárias. "Eu consigo me maquiar, fazer meu cabelo, cantar, mas, garota, eu não consigo costurar! Eu não consigo fazer muitas coisas que essas poderosas 'queens' fazem nesse show. Eu seria um completo desastre.", contou Pabllo.

* Com colaboração de Geizon Paulo

Leo Dias