Topo

Coluna

Leo Dias


Após cortar gastos, Globo fará festa cheia de regras apenas para o Esporte

Crise faz Globo cortar festa de fim de ano de funcionários - Reprodução
Crise faz Globo cortar festa de fim de ano de funcionários Imagem: Reprodução
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

29/11/2019 15h23

Depois de cortar gastos com a tradicional confraternização de fim de ano dos funcionários, a TV Globo decidiu preparar uma festa apenas para a equipe do Esporte. Uma celebração cheia de regras que não agradou muito os funcionários, que terão, inclusive, que pagar do próprio bolso o que forem comer no local.

A Coluna do Leo Dias teve acesso ao convite que a equipe recebeu para a tal festa. Lá está tudo claro. Cerveja liberada, mas com horário limitado, depois por conta do convidado. Quer comer? Pague. Quer beber água ou refrigerante? Pague. A festa será num espaço na Barra da Tijuca, próximo ao Itanhangá, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Reprodução
Imagem: Reprodução

Em função da crise econômica e diminuição das receitas no último ano, pela primeira vez em muito tempo, os funcionários não terão uma confraternização de fim de ano juntando toda a empresa. Ano passado, a comemoração para milhares de funcionários chegou a ter show de Dennis DJ.

Sem festa, mas com cesta de natal

Apesar de a festa de confraternização não acontecer este ano, as cestas natalinas oferecidas aos funcionários estão garantidas. Como elas são adquiridas através de permutas com empresas parceiras, os kits já foram encomendados. Entretanto, um outro benefício oferecido pela Globo a seus colaboradores nesse período segue indefinido: um cartão para compras em supermercados para reforçar ainda mais a ceia de Natal. No ano passado, o valor desse cartão foi de 500 reais.

Leo Dias