Topo

Coluna

Leo Dias


Por que Belo ganha mais que Gracyanne, mas tem muito menos grana que ela?

Gracyanne Barbosa e Belo - Reprodução/Instagram
Gracyanne Barbosa e Belo Imagem: Reprodução/Instagram
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

01/12/2019 04h27

Para muitos, a coisa mais secreta da vida dos famosos é o sexo, mas como o casal Belo e Gracyanne Barbosa já expôs tudo o que podia - e o que não podia - sobre o que acontece na cama deles, fomos investigar outro grande tabu: dinheiro. Vamos falar abertamente da vida financeira dos dois, que são casados em regime de separação total de bens e têm contas bancárias separadas.

Belo cobra 70 mil reais por show e faz cerca de 20 a 25 apresentações por mês. Logicamente, esse valor não vai todo para ele. Mesmo assim, o saldo é muito positivo. Digamos que 40% fique na mão dele. Com isso, Belo embolsa por mês uns 700 mil reais.

Os valores de Gracyanne são mais modestos, mas são muitos. Cada post no perfil da musa fitness no Instagram custa entre 10 mil e 20 mil. Ela faz uns 40 por mês. Pela presença em um evento, Gracyanne cobra entre 10 e 15 mil, e, a cada semana, ela faz uma média de cinco ações desse tipo. Há pouco tempo, ela passou a licenciar produtos, como whey protein, ao preço de 30 mil. Já campanhas publicitárias, rendem, cada uma, uns 50 mil reais. Jogando para baixo, a mulher de Belo recebe por volta de 500 a 550 mil reais por mês.

Mas, a grande diferença entre o casal é na hora dos gastos. Belo vive uma vida surreal. Ele tem 40 funcionários, enquanto Gracyanne tem 3. Aliás, ela decidiu por não ter mais empresário. Agora, ela controla tudo, com ajuda de uma assistente, que fecha os contratos. Na garagem, Belo tem dois carros de luxo. Gracyanne não tem nenhum. Ela anda para cima e para baixo de Uber. Dia desses, até mototáxi ela usou porque estava atrasada para um compromisso.

O casal mora em uma confortável casa em um condomínio na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Lá, vivem a mãe dele, a mãe dela, a irmã dela e o filho dele, além de cinco cachorros. As despesas da casa são divididas pelos dois. Isso, sem falar que Belo tem ainda mais três filhos e até um neto. Todos recebem uma ajudinha do vovô gastador.

Gracyanne não gasta com quase nada. Repete roupa e dá valor a qualquer um real. Belo, por sua vez, é vaidoso demais. Estiloso, gosta de se vestir bem e adora umas boas compras.

Tudo o que ganha, Gracyanne guarda. Já Belo... nem precisa falar. A coluna não conseguiu ter acesso à conta corrente de Gracyanne e nem procuramos o nome de Belo no SPC, mas, depois do que você acaba de ler, tem base suficiente para imaginar e tirar as suas próprias conclusões.

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Leo Dias