Topo

Coluna

Leo Dias


Marquezine terá que pagar comissão à ex-empresária por mais dois anos

Juliana Mattoni e Bruna Marquezine - Reprodução/Instagram
Juliana Mattoni e Bruna Marquezine Imagem: Reprodução/Instagram
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

02/12/2019 11h56

Resumo da notícia

  • Bruna Marquezine rompeu, recentemente, com sua antiga empresária, Juliana Mattoni, que tinha uma relação quase familiar com a atriz.
  • Entretanto, o contrato rompido determina que Bruna pague uma comissão por cada contrato fechado à ex-empresária pelos próximos dois anos.
  • Bruna ficou chocada ao saber da cláusula, e, agora, sem Marquezine, Matonni tem se dedicado a outras agenciadas, como Ísis Valverde e Mariana Ximenes.

Há muito mistério no rompimento do contrato entre Bruna Marquezine e Juliana Mattoni, uma das maiores assessoras de imprensa de celebridades do país. As duas viviam uma relação quase familiar. Juliana cuidava de Bruna como cuida de uma filha, mas, de repente, tudo mudou.

Juliana, além de assessora, era empresária de Bruna. E, apesar da relação quase maternal, havia um contrato. E foi aí que Marquezine se ferrou.

Pelos próximos dois anos, mesmo sem trabalhar com Juliana, Bruna terá que pagar a comissão obrigatória à sua ex-agente em todos os seus futuros contratos. Está registrado no papel, em cartório. Não há como mudar. Quando soube da informação, a atriz ficou em choque.

Bruna e Mattoni romperam totalmente a relação profissional no início de novembro. Antes disso, em julho, Bruna havia decidido cuidar dos próprios contratos com a ajuda da mãe, Neide, deixando de ter Juliana como sua agente. Cerca de um ano antes, a atriz tinha deixado o escritório do empresário Zeca Vitorino, que representou Bruna por 15 anos, exatamente para ter a carreira administrada por Mattoni. Na época, a troca contou com a desaprovação da família de Bruna.

Agora, sem Marquezine, Juliana, que tem grande influência com grandes e poderosas marcas, tem concentrado suas forças em outras atrizes de seu escritório, como Ísis Valverde e Mariana Ximenes. Bastante criteriosa, Juliana não aceita qualquer ator em seu casting e, como já deu para perceber, seus contratos são muito bem amarrados.

Após a publicação da nota na Coluna, A Mattoni Comunicação deu sua versão dos fatos aqui apresentados, por meio de uma nota: "Esclarecemos que a informação publicada hoje pelo colunista Leo Dias não é verdade. Nossos agenciados nunca tiveram contrato assinado registrado em cartório com a Mattoni que os obrigue a pagar comissão depois de não fazerem mais parte da agência."

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Leo Dias