PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


Leo Dias

Globo cria versão de verão do "Só Toca Top" mas insiste em horário ruim

Ludmilla e Mumuzinho, os novos apresentadores do Só Toca Top - Reprodução/Multishow
Ludmilla e Mumuzinho, os novos apresentadores do Só Toca Top Imagem: Reprodução/Multishow
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

09/12/2019 06h00

Quantos apresentadores já teve o "Só Toca Top"? A Coluna Leo Dias contou! Foram oito até o momento. E, nesta segunda (9), começam as gravações da nova versão do programa, em um estilo mais Verão, com Ludmilla e Mumuzinho. A emissora saiu dos estúdios de São Paulo e começou a gravar na Marina da Glória, um espaço à beira da Baía de Guanabara e bem mais a cara da estação.

Que há vários problemas no programa, isso há. A falta de uma cara é uma delas. Foi tanta gente que apresentou, que fica difícil associar a imagem de uma pessoa ao programa. Gera a falta de identidade.

Mas o maior dos problemas, a Globo não aceita modificar: o horário. Já noticiamos aqui que o público que está à frente da TV esta hora não condiz com o programa.

De uns anos para cá, a música perdeu um enorme espaço na TV. Os diretores, agora, associam os lançamentos de novos trabalhos à queda de audiência. E cantar sucesso, os cantores dispensam. Eles querem trabalhar sempre a próxima canção. Aí, criou-se um impasse.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Leo Dias