PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


Após demissão, repórteres de A Fazenda disparam: "Na minha casa, mando eu"

Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

11/12/2019 03h01

Dispensados pela Record, após uma live criticando falhas da produção e da direção do reality "A Fazenda" na quinta-feira passada (5), os apresentadores Tati Martins e Marcelo Carlos, do canal WebTVBrasileira, voltaram a falar de sua saída do programa em uma nova live na noite desta terça-feira (10). O casal, que desde o início da temporada do reality participavam fazendo perguntas aos eliminados, começou a responder sobre a demissão, a partir de questões feitas pela Coluna Leo Dias, e explicou que achou justo o desfecho da parceria.

"O nosso contrato era muito claro: a gente faz uma parceria nas lives no canal da 'Fazenda' para confrontar os eliminados. A pessoa que contratou a gente sabia da nossa pegada e desses três anos que a gente vinha comentando 'A Fazenda', e como a gente comentava. Então, eu acho que foi justo, porque eles têm o direito de fazer o que eles bem entender, e a gente também.", disse Tati, que esclareceu que eles não eram contratados da emissora e, em tom de brincadeira, ainda fez um retrospecto de toda a situação e comentou sobre a reação do vice-presidente da Record, Marcelo Silva, com a situação.

"Diz que o 'Seu Marcelo' foi assistir ao vídeo e ficou irritadíssimo. E aí, o que o 'Seu Marcelo' poderia fazer? Tirar nós da live. Ele ia mandar derrubar nosso canal? Ele ia botar nós na geladeira da p**ra do inferno da Record, igual ele deve fazer com quem desobedece às ordens dele? Não. A única coisa que ele poderia fazer era tirar nós das duas últimas lives.", comenta a repórter, reforçando que em momento algum sentiu-se censurada ou com a liberdade tolhida no comando das lives. "A única coisa que a gente não podia era falar palavrão porque a gente estava na casa deles.", disse Marcelo, antes de Tati completar: "As regrinhas na casa deles, a gente tinha que respeitar. Agora, na minha casa, eu faço o que eu quiser. O "Seu Marcelão" lá manda na casa dele. Na minha casa, mando eu.", comentou ela, demonstrando a independência do canal que apresenta, a despeito da parceria com a Record.

Tati e Marcelo disseram ainda que não estavam insatisfeitos com a parceria com a emissora, mas com os rumos que o reality acabou tomando, especialmente nessa reta final. "Estávamos insatisfeitos com o caminhar do jogo, com o tanto de erros que teve sem ninguém se pronunciar. [...] Então, culminou nisso tudo e numa manobra para levar o casal [Hariany e Lucas] para a final. [...] Era com isso que a gente estava insatisfeito.", disse Tati, que garantiu estar com a consciência tranquila, assim como o marido Marcelo. "A gente não tá aqui pra provar nada para ninguém, nem para a Record, nem para ninguém. A gente está aqui para ter a nossa consciência tranquila. As pessoas que continuam duvidando, não tem problema. Tenha a opinião que você tem da gente porque a gente tem a opinião que a gente tem de quem bem entende de qualquer pessoa, e a gente gosta também de ter esse direito.", completou ela.

* Com colaboração de Geizon Paulo

Reprodução/YouTube
Imagem: Reprodução/YouTube

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Leo Dias