PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


Leo Dias

Polícia vai à casa de Eduardo Costa intimá-lo a depor

Eduardo Costa é intimado por polícia - @24hcomstallone
Eduardo Costa é intimado por polícia Imagem: @24hcomstallone
Blog do Leo Dias

Notícias exclusivas sobre o mundo das celebridades e os bastidores do show business no Brasil.

Colunista do UOL

08/01/2020 11h54

A Polícia Civil esteve na manhã desta quarta-feira (08) na casa do cantor Eduardo Costa, no bairro Bandeirantes, em Belo Horizonte, onde o intimou a depor por conta das acusações sofridas pela ex-noiva, Victória Villarim, e também por seu novo namorado, o cantor Clayton, que era amigo íntimo e afilhado musical do sertanejo.

O imbróglio envolvendo Eduardo Costa, Victória Villarim e Clayton Lemos - noticiado com exclusividade pela Coluna Leo Dias - começou em outubro, depois que Eduardo descobriu que a ex estava se relacionando afetivamente com Clayton, até então, seu amigo e afilhado musical. Após romper a amizade e a parceria profissional, Eduardo confessou a mágoa pela "traição" de Clayton, que registrou queixa por ameaça contra o sertanejo, a partir de áudios enviados pelo irmão dele à, então, namorada.

Victória Villarim, ex-noiva do cantor Eduardo Costa, revelou, em uma carta enviada na segunda (06) à Coluna Leo Dias, ter recebido ameaças de morte do irmão do cantor, supostamente a mando dele, por causa de seu namoro com Clayton Lemos. No texto, Victoria diz ter recebido mensagem de áudio de Weliton Costa "ameaçando matar todas as pessoas que estiverem ao meu lado!".

A ex-noiva de Eduardo não quis enviar à Coluna o tal áudio, segundo ela, por recomendação de seu advogado.

Eduardo, que inicialmente negou que seu irmão teria ameaçado Victória, admitiu, horas depois, que sim, num "momento de fúria", tais ameaças existiram. "Eu não sabia que meu irmão tinha mandado um áudio. Eu descobri que ele mandou, sim. Não foi nem ele que me falou porque eu não consegui falar com ele, mas fiquei sabendo que ele mandou sim.", disse o cantor, que, mesmo afirmando que Weliton está arrependido, tentou justificar o ato do irmão como um arroubo num momento de fúria. "Ele já se arrependeu de ter mandado [o áudio]. Foi num momento de raiva, de fúria, num momento de nervosismo em que ele perdeu o controle, porque meu irmão me tem como pai, já que eu cuidei dele desde bebê. Eu sempre criei ele (sic), tanto que ele me toma a benção como pai.", conta Eduardo.

Mesmo sem dar nomes, Eduardo ainda aproveitou para se desculpar pela atitude do irmão com Victória e o atual namorado dela, Clayton Lemos, da dupla Clayton & Romário, ex-afilhados musicais do sertanejo. "Eu, desde já, peço desculpas para os ofendidos. Não é uma índole da minha família ameaçar ninguém. Não faz parte da índole do meu irmão fazer esse tipo de coisa, nem da minha. Estamos aqui para ser felizes e para acrescentar na vida das pessoas, não para tirar a vida de ninguém.", finalizou o cantor.

*Com colaboração de Lucas Pasin

Eduardo Costa sendo intimado pela polícia - @24hcomstallone - @24hcomstallone
Imagem: @24hcomstallone

Leo Dias