PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


Silvio Santos é citado em processo de paternidade; assessoria não comenta

Silvio Santos ao lado de Clemozeide Lundgren - Reprodução/Montagem UOL
Silvio Santos ao lado de Clemozeide Lundgren Imagem: Reprodução/Montagem UOL
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

17/01/2020 15h14

Aos 89 anos, o apresentador Silvio Santos é citado em um processo de paternidade aberto por Clemozeide Lundgren, decoradora, que procurou a Justiça para ser reconhecida como filha legítima do dono do SBT.

O processo, que corre em segredo de justiça, pede a investigação de paternidade de Clemozeide que, de acordo com relatos de sua mãe, seria filha de Silvio Santos.

A ação teve início há quatro anos, em Santa Catarina, onde ela reside, mas foi transferida para a Comarca de Osasco, em São Paulo, por ser a cidade sede do SBT.

A ação é movida pelo escritório P & GG Pedroni, das advogadas Ana Pedroni e Maria Fernanda Gugelmin.

Procurada, a assessoria de imprensa de Silvio Santos preferiu não se pronunciar sobre o assunto. Já a assessoria do SBT disse que nenhum processo de paternidade chegou ao conhecimento dos advogados da emissora.

*Com colaboração de Lucas Pasin

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Leo Dias