PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


Leo Dias

Paulo Ricardo tem nome envolvido em confusão durante voo para Manaus

Paulo Ricardo em Barcelos, no Amazonas - Reprodução/Instagram
Paulo Ricardo em Barcelos, no Amazonas Imagem: Reprodução/Instagram
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

28/01/2020 12h40

Resumo da notícia

  • Jornais do Amazonas dizem que Paulo Ricardo não quis embarcar com moradores locais em voo fretado por sua equipe
  • Produtor do cantor alega que aeronave estava com excesso de peso devido a bagagens e equipamentos musicais

Paulo Ricardo ganhou as manchetes dos jornais amazonenses com uma polêmica envolvendo seu nome. O cantor teria "dado um chilique" na última segunda-feira (27) ao se negar a embarcar com moradores locais em um voo fretado por sua produção quando deixava a cidade de Barcelos, no Amazonas, onde se apresentou no fim de semana no Festival do Peixe Ornamental. A Coluna Leo Dias procurou o produtor Renato Costa, que viajou junto com o artista, e o profissional alega que a confusão aconteceu devido ao excesso de bagagem da equipe, equipamento musical e de som.

A polêmica começou porque a organização do evento no qual Paulo Ricardo se apresentou pediu à produção do cantor para ceder os lugares vagos no avião para algumas pessoas que gostariam de retornar à Manaus. Segundo os jornais locais, Paulo Ricardo teria se recusado dizendo que "a situação iria impor constrangimento ao artista", diz o portal BNC Amazonas. O site ainda acrescenta que o avião tinha lugares para 40 pessoas e 26 assentos não estavam ocupados, e acusa o produtor Renato Costa de ter alegado que o artista dele era cantor global e não poderia viajar com estranhos.

Já a versão do produtor para a Coluna Leo Dias é diferente e ele afirma que tudo não passou de um grande mal-entendido. De acordo com Renato Costa, o avião fretado pela produção de Paulo Ricardo tinha capacidade para 30 pessoas e havia 16 profissionais do artista embarcado. Porém, as 14 poltronas vagas estavam ocupadas com equipamento de som, já que o porão estava cheio com a bagagem dos passageiros, objetos que ornamentam o palco e instrumentos musicais. Com isso, a aeronave atingiu o peso máximo permitido para voo. Renato ainda acrescenta que chegou a conversar com o piloto responsável pelo percurso sobre a possibilidade de atender o pedido da produção do evento de levar mais pessoas, porém, o comandante teria sido categórico ao dizer que seria inviável voar com mais peso.

A Coluna Leo Dias também procurou a assessoria de imprensa de Paulo Ricardo que também alegou que voos fretados exigem o envio da documentação e descrição da carga e peso dos passageiros antes de alugar a aeronave. A representante do cantor também agradeceu à população pelo carinho durante o show.

"Como é previsto em contrato da empresa, não permitimos outras pessoas, que não sejam da banda, viajarem nos meios de transporte contratados para o show. A questão de segurança de todos que estão na aeronave é fundamental. Na situação ocorrida, o número de passageiros tinha também o peso do equipamento. Além disso, quando se freta um avião para uso particular é obrigatório o envio, com antecedência, dos nomes e documentos de todos os passageiros, além da descrição da carga e peso de cada um", diz a nota oficial que ainda acrescenta: "O cantor Paulo Ricardo em momento nenhum teve uma atitude preconceituosa. O show foi realizado com sucesso e a Prefeitura da cidade de Barcelos está de parabéns por todo o cuidado e a estrutura maravilhosa: desde a logística, palco, som, luz, hotel, tudo foi ótimo. Gostaríamos de agradecer também à população pelo carinho durante a apresentação".

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Leo Dias