PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


Léo Santana define seu Carnaval: 'Solteiro, feliz e com muito trabalho'

Léo Santana - Reprodução/Instagram
Léo Santana Imagem: Reprodução/Instagram
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

18/02/2020 17h12

Léo Santana será o responsável por animar os foliões que já tomam conta de Salvador nesta terça-feira (18). O gigante, a partir das 19h, será responsável pelo "Pipoco", um trio sem cordas do Clube Espanhol, em Ondina, até a Barra, e vai apresentar um repertório recheado de sucessos da carreira, incluindo sua aposta para a folia, o hit "Contatinho". Além disso, ao longo do Carnaval o cantor se apresentará em Minas Gerais, São Paulo e Pernambuco.

"Vou passar esse Carnaval solteiro, feliz e com muito trabalho", brinca o GG, apelido que ganhou dos fãs.

Léo Santana se tornou o grande nome do axé e rompeu fronteiras ao criar o Baile da Santinha que hoje funciona não só como um esquenta do Carnaval, mas como um evento que roda o país sempre com o cantor fechando a noite, geralmente já à luz do dia. Para o trio de hoje a noite, ele pretende inovar novamente:

"Nesse Carnaval iremos inovar no tema que levaremos para avenida e até como o nosso trio irá se apresentar. Aguardem uma produção muito especial. Tô ansioso e curioso para saber como vai ficar",

No Baile comandado pelo Gigante, os convidados, que antes faziam pequenas participações, hoje são escolhidos em um processo de meses de negociação de agendas para que levem shows completos ao evento. Estar conectado com outros artistas também é uma forma de renovar a música de Léo e se aproximar de diversos públicos. O axé, ritmo no qual Léo começou a carreira, por exemplo, há muito tempo não aparece entre os hits de Carnaval.

"Eu acredito muito no potencial da música baiana em si. Acho que tem público pra tudo, sabe? Sobre as parcerias: é algo que eu gosto muito de fazer por sentir que é uma oportunidade de crescermos em conjunto. Além de ser uma chance de sair da zona de conforto", defende o cantor enquanto se prepara para o "Pipoco".

Leo Dias