PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


Ex-mulher do goleiro Jean: 'Encontrei conversas íntimas no computador dele'

Milena Bemfica é ex-mulher do goleiro Jean - Montagem de fotos de divulgação
Milena Bemfica é ex-mulher do goleiro Jean Imagem: Montagem de fotos de divulgação
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

19/02/2020 11h06

Milena Bemfica viu seu nome ser exposto em todo país após usar as redes sociais para relatar uma agressão que sofreu do então marido, o goleiro Jean. Com o rosto machucado, ela gravou um vídeo pedindo ajuda ainda nos Estados Unidos, no final do ano passado. Desde então, ela viu o processo por agressão ser arquivado, o jogador assumir um novo relacionamento com a influenciadora digital Shay Victorio e agora enfrenta um processo na justiça no qual a blogueira pede R$ 500 mil de indenização por difamação.

Para Milena, que fez do episódio sua bandeira em defesa das mulheres agredidas, o pior está sendo ser taxada de "ex-mulher surtada" por internautas. Como forma de desabafo, ela conversou com a Coluna do Leo Dias sobre tudo que tem acontecido em sua vida.


COLUNA DO LEO DIAS: Você já disse em entrevistas que foi traída por Shay e Jean. A gamer alega que quando eles começaram a namorar vocês já estavam separados. Pode contar o que aconteceu sob seu ponto de vista? Quando vocês se separaram? E quando você descobriu que os dois estavam juntos?

MILENA BEMFICA: Éramos uma família normal até a chegada dessa moça. O Jean a conheceu através de um jogo online e encontrei mensagens no computador dele que havia conversas íntimas entre os dois. Isso aconteceu um pouco antes da viagem aos Estados Unidos e eu embarquei na esperança de recuperar minha família novamente, tanto que permanecemos no mesmo quarto.

Shay entrou na justiça pedindo uma indenização de R$ 500 mil por dano moral e alegou, entre outras coisas, que você e outras pessoas incentivadas por você a ameaçaram até de morte. Você a ameaçou em algum momento? Vocês chegaram a conversar?

Sobre a indenização, acredito eu, que a justiça irá cuidar disso. Ela mesma tirou suas próprias conclusões através de outras pessoas e eu não posso responder por terceiros. Quando descobri a traição, como uma esposa eu cobrei dele a fidelidade, como qualquer mulher que fosse traída. Como fica meu desespero de mulher traída?! Enviei uma mensagem quando descobri a traição. Seria essa mensagem, que hoje, ela quer usar contra mim e após a agressão enviei uma outra mensagem dizendo que ela tinha conseguido o que queria, que tinha destruído minha família e a mesma sabe que eu não estou mentindo.

Por que você acha que a Shay entrou com esse processo?

Como falei anteriormente, a mesma está querendo ser protagonista de uma história em que as únicas prejudicadas são somente eu e minhas filhas. Eu, primeiramente, pela agressão e por toda humilhação por causa de toda essa repercussão e minhas filhas por toda essa exposição, são somente crianças e não podem responder por si só.

Como está a situação da pensão das suas filhas? O Jean já marcou de visitar as meninas?

Meu advogado está cuidando de toda essa questão e vou lutar para as minhas filhas manterem a vida que sempre tiveram. Se depender de mim, irão permanecer pois elas não merecem pagar o preço de uma traição vindo da parte do pai delas.

Você é pré-candidata à vereadora em Salvador, vai mesmo entrar no mundo da política? Qual será sua principal bandeira?

Com toda essa repercussão tive muitos pedidos e convites. Assumir a causa das mulheres e pelos danos morais e psicológicos que estou passando, levantarei a minha bandeira de solidariedade à violência contra as mulheres.

Vivemos numa sociedade considerada por muitos 'machista'. Como você acha que foi vista nesta história toda? Acha que tiveram olhares machistas para o seu sofrimento?

Muitas pessoas se comoveram com a minha história e vieram até o meu Instagram me mandarem mensagens de apoio. Mulher nenhuma deve ser sentir culpada por ter sido atacada e devem se pronunciar, sim. Tiveram olhares machista, sim! Pessoas se passando por vítimas, querendo me prejudicar e em nenhum momento se colocando em meu lugar, me julgando sem ao menos saberem pelo que eu passei. Não vou esconder as marcas da minha história pois nenhuma mulher merece passar por isso. Um homem que te agride da maneira em que eu fui, não te respeita, nem te vê como ser humano e não vai mudar.

Leo Dias