PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


TV Globo anuncia: fechará os Estúdios Globo por conta do coronavírus

Logo Globo - Divulgação
Logo Globo Imagem: Divulgação
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

16/03/2020 20h48

A TV Globo anunciou na noite desta segunda-feira (16) para todos os seus funcionários que fechará os Estúdios Globo (antigo Projac) nos próximos dias, como forma de prevenção ao contágio do Coronavírus.

Antes do anúncio, a emissora já havia realizado mudanças grandes em sua grade de programação e em toda a estruturação da empresa. Entre essas mudanças, está uma pausa no horário nobre das novelas das nove, sem uma nova estreia e com uma pausa em "Amor de Mãe".

Inclusive, conforme noticiado em primeira mão na Coluna do Leo Dias, Uma determinação da TV Globo de última hora pegou de surpresa os autores das três novelas que estão no ar na emissora. Ângela Chaves ("Éramos seis"), Daniel Ortiz ("Salve-se quem puder") e Manuela Dias ("Amor de mãe") receberam a ordem de reescreverem imediatamente os capítulos que serão gravados esta semana nos Estúdios Globo e retirarem das cenas atores acima dos 50 anos de idade.

Essa medida é uma prevenção ao surto de Coronavírus que atingiu o país na última semana. Pesquisas apontam que homens acima de 50 anos são mais vulneráveis à síndrome respiratória provocada pelo novo Coronavírus. A revista científica "Lancet" publicou um estudo, no dia 30 de janeiro, que mostra que dos 99 primeiros pacientes internados em Wuhan, na China (foco inicial da doença) 68% eram homens com idade média de 55 anos.

Leo Dias