PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


Tirullipa raspa a barba para evitar contaminação pelo coronavírus

Tirulipa raspa a barba para evitar contaminação pelo coronavírus - Reprodução/Instagram
Tirulipa raspa a barba para evitar contaminação pelo coronavírus Imagem: Reprodução/Instagram
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

24/03/2020 11h56

Após a notícia que pelos no rosto podem reter gotículas do novo coronavírus, famosos começaram a raspas as barbas e desafiar outros artistas a fazerem o mesmo. Tirullipa também aderiu a nova tendência e surgiu sem barba para surpresa dos fãs.

Além de Tirullipa, Danilo Gentili, Felipe Andreoli e até o jogador de vôlei Wallace, do Sesc-RJ e da seleção brasileira, aderiram ao desafio de tirar a barba para se proteger da Covid-19.

O UOL Esporte conversou com a médica Damaris Ortolan, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) para saber sobre a barba e o vírus.

"É um vírus novo, que começou a circular há menos tempo, então é difícil dizer algo em relação a ele, mas com a barba, a higiene é mais difícil. Quando se tem a pele lisa, fica mais fácil de lavar com água e sabão. Com a barba é mais difícil fazer a higiene entre os pelos, então, acho que é válido. Quanto mais higiene, melhor. Se a pessoa passar a mão na barba, como passa no rosto, a barba é mais difícil de limpar", ressalta.

Leo Dias