PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


Leo Dias

Pandemia faz Domingão do Faustão rescindir contratos com todos os músicos

Faustão no "Domingão" - Reprodução/Globo
Faustão no "Domingão" Imagem: Reprodução/Globo
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

22/03/2020 14h22

Os músicos que trabalham no Domingão do Faustão foram surpreendidos nos últimos dias com a rescisão dos contratos de trabalho de todos. A Coluna do Leo Dias apurou com fontes de dentro da Globo que por conta da pandemia, a direção decidiu afastar todos que não tivessem contrato com a emissora.

Isso valia para todos os músicos do dominical. Foram entre 15 e 20 pessoas comunicadas por telefone da suspensão de seus contratos. Segundo o melhor dos prognósticos, serão dois meses de reprise do "Domingão". Vale ressaltar que esta medida não é exclusiva do "Domingão". Todos os programas da Globo vão afastar, durante este período, os funcionários terceirizados.

Além da banda, as suspensões dos contratos atingiram também as produções da plateia. Mas vale ressaltar que a Globo garantiu que, quando as atividades retornarem ao normal, todos terão suas vagas garantidos.

*Com colaboração de Gabriel de Oliveira

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Leo Dias