PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


Famoso por pensões atrasadas, Latino diz por que adotou rapaz de 21 anos

Latino ao lado de filho adotivo de 21 anos - Reprodução/Instagram
Latino ao lado de filho adotivo de 21 anos Imagem: Reprodução/Instagram
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

29/03/2020 12h20

Latino surpreende a cada dia. Depois de se envolver, nos últimos anos, em diversos escândalos relacionados a pensão atrasada, ele acaba de anunciar: "Adotei mais um filho". Espertamente, o rapaz já tem 21 anos e independe de pensão. Mas a pergunta que não quer calar: precisava adotar?

Após ler a explicação que Latino deu à Coluna Leo Dias, você terá certeza do que vou escrever. Latino é muito mais do que um cantor, ele é um grande articulador e visionário do mundo dos negócios. Agora, entenda a adoção: "Ele é filho biológico da esposa do meu coreógrafo Jojou, que trabalha com a gente há mais de 10 anos e amigo pessoal há 15. O menino perdeu o pai num acidente de carro e decidimos (na época) em continuar ajudando ele".

"Hoje sou empresário dele na parte do futebol. Ele estava de partida para Portugal, mas por causa de covid-19 tivemos que abortar a missão, daí aproveitou para ficar uma temporada comigo, como sempre fez nas outras férias. Qual o problema disto gente? Eu e meu coreógrafo ajudamos ele desde quando ele tinha seus 12 anos. Hoje tem 22. O moleque é muito do bem! Sempre vinha nas férias para ficar com a gente, mas como agora está ficando mais bonitão a galera está zoando. Brasil, né? (risos)", diz.

Esse é o Latino, e não o critique por suas atitudes: ele tinha uma alta porcentagem na carreira da então mulher Kelly Key, em, seu auge da música e ganhou 20% do cachê que Mirella Santos faturou com sua "Playboy". A explicação do cantor é até "razoável". O espaço na mídia que conquistaram, deve-se, inicialmente ao fato de elas serem suas mulheres.

Outra coisa que quase ninguém sabe: Latino intermedeia a relação de grandes empresas brasileiras, com as quais tem contato, e a escola de samba Grande Rio.

Boa parte do camarote que a escola teve na Sapucaí, deve-se ao poderoso "network" de Latino.

Leo Dias