PUBLICIDADE
Topo

Bonde das Maravilhas faz live no quintal e supera grandes nomes do funk

Bonde das Maravilhas em live no Youtube - Reprodução
Bonde das Maravilhas em live no Youtube Imagem: Reprodução
Blog do Leo Dias

Notícias exclusivas sobre o mundo das celebridades e os bastidores do show business no Brasil.

Colunista do UOL

08/05/2020 10h13

Se existe no mundo uma coluna eclética, é essa aqui. Vamos da Vogue... ao Bonde das Maravilhas. A live que elas fizeram ontem foi algo amador. A palavra amador talvez é exagerada... melhor seria caseiro. Foi feito no quintal da casa de uma das integrantes. O maior investimento foi, de fato, o drone, que fazia imagens bem escuras, diga-se de passagem. Detalhe, tinha uma luz lilás, no fundo, pavorosa. Mas que, no fim das contas, era interessante. Era tudo bem simples, mas absolutamente verdadeiro.

E foi justamente esta live a mais bombada até agora no mundo do funk. Enquanto Kondzilla e GR6 (as maiores produtoras do país) não alcançaram mais que 60 mil visualizações simultâneas, a live das meninas do Bonde das Maravilhas chegou a excelentes 120 mil pessoas ao mesmo tempo.

A internet veio abaixo. Elas foram pros Trending Topics doTwitter, como um dos assuntos mais comentados do país, 117 mil menções no Twitter. A hashtag era #BDMemCasa, algo até difícil de compreender, dominou.

E, acredite, a live tinha até patrocinador. Uma bebida de gosto duvidoso, chamada Corote, feita à base de vodka de procedência sabe-se lá de onde. Há alguns anos, Corote era simplesmente uma cachaça. Agora, a marca deu um salto de relevância. Mas, amor, a bebida é um sucesso nas comunidades. E quem sou eu para duvidar do gosto popular.

O sucesso da live do Bonde foi o seguinte: elas fizeram o que o povo queria. Dançaram as coreografias mais conhecidas, ficaram de cabeça pra baixo, bunda no chão... e pronto! Enfim, parecia um saudoso baile funk da Rocinha.

Como tudo no funk não dura muito tempo, o Bonde das Maravilhas também deixou os palcos. Lançadas em 2011 (formação original: Thaysa, Gabrielle (Gaaby), Karoliny (Karol), Rafaela, Thalia e Joice) estouraram nacionalmente em 2013 com "Faz quadradinho de oito" - na época com oi Thaysa, Rafaela, Karol, Kathy e Renata - que alcançou 1,2 milhão de visualizações no YouTube. Mas as meninas, menores de idade, tiveram uma série de problemas judiciais para se apresentarem em shows noturnos. A live de ontem pode ser o gás que faltava para elas retornarem com força à carreira.

Não sei se você, caro leitor, sabe. Nego do Borel surgiu graças a elas. Ele era MC de "proibidão", contratou as meninas para um show no Borel, e virou MC do grupo. O grupo se associou à Furacão 2000, produtora sanguessuga que lançou Anitta, e a partir dali, ele se lançou em carreira solo.