Topo

Coluna

Mauricio Stycer


Silvio vetou mudança na grade do SBT para falar de Gugu, diz Dudu Camargo

Mauricio Stycer

Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

30/11/2019 00h05

A modesta cobertura realizada pelo SBT do velório de Gugu Liberato ganhou uma explicação, finalmente. Segundo Dudu Camargo, apresentador do "Primeiro Impacto", Silvio Santos vetou que a emissora mexesse na grade para exibir mais informações sobre o assunto.

Em entrevista ao repórter Gustavo Coruja, do programa "Tricotando", da RedeTV!, Dudu disse: "Eu confirmo a você que realmente foi ordem do Silvio Santos" (veja no vídeo acima). E deu detalhes sobre o que ocorreu:

"Nós já estávamos com uma cobertura preparada com câmeras, um helicóptero para acompanhar a chegada do avião com o corpo que pousou em Viracopos. A gente estava com a cobertura preparada. Perguntamos ao Silvio se poderia derrubar a grade e seguir uma mistura do artístico com o jornalismo, para seguir nessa cobertura. E o Silvio decidiu que não."

Dudu não disse o que motivou Silvio. O dono do SBT também não deu qualquer declaração sobre o assunto até o momento. Dentro da emissora a explicação é que Silvio pensou em proteger a família de Gugu do excesso de exposição e não quis que o seu canal fosse acusado de usar a morte do apresentador para faturar em matéria de audiência.

Os fatos, porém, mostraram que Silvio se enganou nesta avaliação. A morte de Gugu provocou enorme comoção popular - e as emissoras de televisão fizeram o seu papel em mostrar isso. Ainda que longas, as coberturas realizadas por Record, Globo, Band e RedeTV! respeitaram os familiares, não forçaram ninguém a falar nem exibiram imagens constrangedoras.

Como relatou o repórter Marcio Gomes, no "Jornal Nacional" de sexta-feira, a família de Gugu decidiu abrir o enterro para o público (inicialmente seria fechado) porque ficou emocionada com o carinho demonstrado pelos milhares de fãs que participaram do velório.

(atualizado às 18h40)
Patrícia Abravanel justifica veto do pai à cobertura do velório

A apresentadora Patrícia Abravanel publicou um comentário no perfil da jornalista Patrícia Kogut no Instagram, em resposta a críticas sobre a forma como o SBT cobriu o velório de Gugu Liberato. A filha de Silvio Santos procurou justificar a determinação do pai de não mexer na grade para mostrar a cerimônia de despedida do apresentador. Escreveu ela:

"O Domingo Legal foi todo em homenagem ao Gugu. Nosso jornalismo, nossos breaks, compramos página no jornal para homenagear. Uma pena estarem nos avaliando dessa forma. Gugu sempre foi muito amado por todos nós da família. Ele fez parte da nossa história e enquanto esteve conosco era o braço direito do meu Pai. Fizemos de tudo para ele ficar, mas o oferta da outra emissora era praticamente impossível de recusar e sempre entendemos isso. Nossa postura foi homenagear na medida certa, não visando ganhar audiência em cima de uma tragédia. Não mostrar o velório foi uma terminação do meu pai, que achava que seria uma proteção para família do Gugu. Com 89 anos essa foi a forma dele de honrar a família com muito respeito."

* * *
Ouça o podcast UOL Vê TV, a mesa-redonda sobre televisão com os colunistas Chico Barney, Flávio Ricco e Mauricio Stycer. Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

Siga a coluna no Facebook e no Twitter.

Errata: o texto foi atualizado
A palavra "demonstrado" foi escrita incorretamente. O texto foi corrigido

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Mauricio Stycer