PUBLICIDADE
Topo

Bonner e Leifert deram informações diferentes sobre a situação de Petrix

Mauricio Stycer

Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

04/02/2020 00h21

A Globo fez dois anúncios nesta segunda-feira (03) sobre a decisão da Polícia Civil do Rio de intimar Petrix Barbosa a prestar depoimento. O primeiro foi feito por William Bonner, no "Jornal Nacional". O segundo, uma hora depois, foi realizado por Tiago Leifert, na edição do "Big Brother Brasil". Quatro sutis diferenças chamaram a atenção.

Bonner avisou que o depoimento de Petrix está marcado para esta sexta-feira, 7 de fevereiro. Leifert não mencionou nenhuma data. No caso do JN, foi uma informação jornalística. No caso do BBB, a omissão talvez tenha sido feita com o objetivo de não influenciar o voto do público no paredão desta terça (04), que conta com o ginasta entre os quatro indicados.

O apresentador do JN disse que o motivo da intimação é para que "Petrix explique supostos casos de assédio dentro do programa". Já o apresentador do BBB disse que "a delegacia quer esclarecimentos sobre o comportamento do Petrix dentro da casa, assunto que já foi tratado aqui com vocês duas vezes". Leifert não mencionou a palavra "assédio".

Bonner anunciou que "a intimação foi entregue hoje nos Estúdios Globo", mas não disse para quem. Leifert foi mais preciso. "Como o Petrix está confinado, o departamento jurídico da Globo foi quem recebeu o documento". Neste caso, o texto lido no BBB foi mais jornalístico do que o do JN.

Por fim, o apresentador do JN avisou o espectador que "a assessoria de Petrix não quis se manifestar sobre a intimação", uma informação que é negativa para o participante. O comandante do BBB não disse nada a respeito. Em resumo, o texto lido no BBB foi mais leve para Petrix.

Abaixo, a íntegra do texto lido por Bonner:

"A Polícia Civil do Rio de Janeiro intimou o participante do Big Brother Brasil 20 Petrix Barbosa a prestar depoimento na Delegacia de Atendimento à Mulher. A intimação foi entregue hoje nos Estúdios Globo. A polícia quer que Petrix explique supostos casos de assédio dentro do programa. O depoimento está marcado para a próxima sexta-feira. A assessoria de Petrix não quis se manifestar sobre a intimação."

Abaixo, a íntegra da nota lida por Leifert:

"Hoje a Polícia Civil do Rio de Janeiro veio aos Estúdios Globo para intimar Petrix a prestar depoimento na Delegacia de Atendimento à Mulher. A delegacia quer esclarecimentos sobre o comportamento do Petrix dentro da casa, assunto que já foi tratado aqui com vocês duas vezes. Como o Petrix está confinado, o departamento jurídico da Globo foi quem recebeu o documento."

O lado B do BBB

Mauricio Stycer