Topo

TV e Famosos

TV Cultura passa a receber dados de audiência da GfK, rival do ibope

GLADSTONE CAMPOS / RealPhotos/Divulgação
Flavio Ferrari, executivo da empresa alemã Gfk no Brasil Imagem: GLADSTONE CAMPOS / RealPhotos/Divulgação
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

15/09/2016 20h17

A TV Cultura assinou contrato com a empresa alemã GfK, que concorre com a Kantar Ibope na medição de audiência das TVs abertas e fechadas.

A Cultura passa a ser o quarto integrante do “pool” de emissoras que já assina o serviço. A saber, Record, SBT e RedeTV!

A Band também havia feito acordo para receber os dados mas, devido à crise financeira, acabou desistindo.

A Globo continua refratária à ideia pois acha que a medição da Kantar Ibope é suficiente.

Dados iniciais comparados entre Ibope e GfK, obtidos com exclusividade por esta coluna, mostram que em algumas faixas horárias há uma diferença de até 50% entre as duas empresas.

Conforme esta coluna antecipou com exclusividade em abril, Record, SBT e RedeTV! Já estudam abandonar a medição do Ibope até 2020. Isso porque seria impraticável e improdutivo pagar por duas medições.

O contrato das emissoras com o GfK tem garantia ao menos até 2019.

twitter: @feltrinoficial

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais TV e Famosos